Vitaminas

As consequências e como prevenir à deficiência de Vitamina K

vitamina-kA vitamina K é um elemento essencial à saúde. Ela é responsável pelo funcionamento regular do organismo proporcionando bem estar.  Pertencente à família de vitaminas hidrofóbicas e lipofílicas. Existem três tipos de vitamina K: K1, K2 e K3. O formato K1 é predominante e é encontrado em vegetais, sendo as hortaliças e os óleos vegetais suas fontes mais conhecidas; enquanto o formato K2 é sintetizado por bactérias e é encontrado em produtos animais e em alimentos fermentados. Já o formato K3 trata-se de um composto sintético que será convertido no intestino.

A vitamina K é essencial na produção da protrombina, importante para o mecanismo da coagulação sanguínea. Além disso, colabora com a saúde ossos, prevenindo a osteoporose.

 

VITAMINA K – PRINCIPAIS BENEFÍCIOS

deficiencia-de-vitamina-kEstudos já confirmaram que a Vitamina K é essencial ao bom funcionamento do corpo humano. A seguir, apresentamos algumas explicações para isto:

  • Saúde dos Bebês: devido ao seu potencial de coagulação sanguínea, a Vitamina K pode colaborar para a saúde dos bebês prematuros. Os bebês que nasceram antes do tempo têm maior probabilidade de sofrer uma hemorragia espontânea e a Vitamina K pode evitar que isto aconteça. Contudo, é fundamental constatar que se possa utilizar esse método no bebê uma vez que os estudos destes casos não são conclusivos, logo não se pode afirmar que todos os bebês prematuros podem fazer uso desse tipo de suplementação;
  • Saúde dos Ossos: a Vitamina K, a exemplo da Vitamina B, também é fundamental para a saúde dos ossos, auxiliando na fixação do cálcio, elemento este, essencial para o organismo. A principal função do cálcio é a construção e manutenção dos ossos e dos dentes.
  • Coagulação sanguínea: a Vitamina K é essencial na síntese da protrombina e outras proteínas envolvidas na regulação do sangue, o que contribui para evitar a ocorrência de hemorragias e também auxilia na cicatrização.

A deficiência de Vitamina K é rara, mas pode ocorrer após prolongado uso de antibióticos acompanhado de uma dieta descomprometida.beneficios-da-vitamina-k

Alguns estudos indicam ainda que a Vitamina K pode auxiliar na saúde dos vasos sanguíneos, que por sua vez, necessitam de complacência e elasticidade para comportar a pressão sanguínea sem rompimento. Com tantas propriedades não é difícil entender que a Vitamina K pode colaborar na prevenção de doenças como a arteriosclerose. A arteriosclerose é uma doença crônica caracterizada pela falta de flexibilidade das artérias resultante do espessamento e endurecimento das paredes em determinadas áreas do corpo.

 

VITAMINA K – PRINCIPAIS FONTES

alimenos-ricos-em-vitaminas-kAs melhores fontes de vitamina K são os vegetais de folhas verdes, tais como: alface, couve, espinafre, brócolis, rúcula, agrião e nabo. Outras fontes são: cenoura, frutas (abacate, amora, uva, limão, figo e banana), especiarias (manjericão, salsa, tomilho, coentro, aipo e sálvia), azeite de oliva, aveia, trigo integral, batatas, tomate, fígado bovino e de frango, sementes de soja, chá verde e ovos.

VITAMINA K – QUANTIDADE RECOMENDADA PARA CONSUMO

25 mg por dia no máximo é a quantidade ideal de Vitamina K para consumo por adultos. Às mulheres, o ideal para consumo diário, especialmente as lactantes, é de aproximadamente 10 mg por dia. Para crianças não há um valor exato, sendo recomendado 01 (um) micrograma por cada quilo de peso.

VITAMINA K – PROBLEMAS CAUSADOS EM VIRTUDE DA DEFICIÊNCIA DA VITAMINA K

fontes-de-vitamina-kA Vitamina K está presente na maioria dos alimentos. A Vitamina K é encontrada nos vegetais e também e produzida pelo próprio corpo. Por este motivo, são raros os casos de deficiência.

Quando ocorre, a ausência da Vitamina K pode causar malefícios relacionados à coagulação sanguínea além de problemas relacionados aos ossos como a calcificação e má formação da cartilagem.  A ausência de Vitamina K no organismo pode também ocasionar depósitos de sais de cálcio na parede das artérias.

Vale ressaltar que pessoas que se submetem à cirurgia bariátrica têm maior probabilidade e risco de ter deficiência de Vitamina K no corpo. O uso de medicamentos que dificultam a absorção de gordura pelo organismo também causam risco de deficiência de Vitamina K.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.