Dor de

Cãibras – Por que acontecem e como tratá-las naturalmente?

cãimbraEstamos caminhando normalmente, quando de repente, algo não nos deixa continuar. Enquanto dormimos, acordamos por um incômodo na perna. As cãibras são contrações musculares involuntárias, que podem acontecer por diferentes razões. O bom é que existem remédios e técnicas para que elas não alterem sua vida cotidiana e, sobretudo, não se repitam com frequencia. Saiba muito mais sobre as cãibras: o que é, porque e , como acontece. Isso e muito mais neste artigo!

Para evitar cãibras devemos consumir alimentos ricos em cálcio e magnésio. Além disso, existem chás que podem acabar com esses irritantes espasmos.

Por que ocorrem as cãibras?

São muitas as causas pelas quais uma pessoa pode sofrer. Como dito antes, é um movimento do músculo que não podemos controlar. Contudo, as causas mais frequentes são:

  • causas-da-cãibraPerda de líquidos ou sais minerais no respectivo membro.
  • Falta de irrigação sangüínea na área por insuficiência de oxigênio.
  • Esforços prolongados.
  • Acumulação de ácido láctico (frequente em atletas).
  • Movimentos súbitos, repentinos ou fortes com os músculos frios.
  • Contato com água fria de forma brusca.
  • Excesso de peso.
  • Ingestão de certos medicamentos.
  • Insuficiência renal.
  • Fadiga muscular.
  • Gravidez.
  • Problemas metabólicos.
  • Deficiências nos níveis de cálcio e magnésio no corpo.
  • Falta de vitaminas.
  • Postura inadequada ao dormir.
  • Posição incorreta para trabalhar ou estudar.
  • Tensão emocional ou ansiedade.
  • Pouco movimento dos músculos.

Gastralgia ou Neuragia estomacal

cãimbra-no-estômagoA gastralgia é um tipo de dor nervosa no estômago, também conhecida como Cãimbra no estômago. Isso ocorre porque o sangue corre direto a essa área para poder fazer a digestão. É importante se movimentar, e manter o corpo em atividades, ajuda o estômago a se tornar mais resistente. Contudo não devemos fazer atividades fortes, logo após as principais refeições. Como conseqüência, podem ocorrer esses espasmos.

Outro dos locais críticos para as cãibras são as mãos e os pulsos, devido a problemas na circulação do sangue, que afeta pessoas que usam muito o teclado ou o mouse. As regiões típicas, onde aparecem as cãibras são as pernas e, nesse caso, devem-se a todas as causas mencionadas acima. Os sintomas de cãibras são dois, muito bem diferenciados. O primeiro é a dor local na área afetada e o segundo é uma sensação de “puxar” ou “chicote”, que posteriormente se converte em formigueiro.

Dicas para evitar e reduzir as incidências

No momento em que está acontecendo a cãimbra, o melhor que podemos fazer é esticar um pouco a área afetada para aliviar a dor e relaxar o músculo. A fisioterapia, massagens ou dormir sem travesseiro são excelentes opções para evitar cãibras no pescoço ou ombros. Também pode ajudar a prática de certas disciplinas, como a yoga ou o Pilates. Não hesite em fazer atividade física, meia hora por dia para que o sangue possa oxigenar os músculos e tecidos, assim como também repará-los e nutri-los.

Se você sofre muito com cãimbras nas pernas, você deve tomar cuidados como, elevar as pernas com uma almofada ou apoiá-las na parede, sempre que chegar em casa. Também podes dormir com várias almofadas à altura dos calcanhares, aplicar água quente ou bolsas com compressasaquecidas, etc.

A alimentação é também, muito importante para evitar cãibras. Para isso, você deve Incluir em sua dieta, alimentos ricos em cálcio, como as laranjas, amêndoas, brócolis, vegetais de folha verde, leite de soja ou leite comum, entre outros  alimentos que se apresentam maoior teor de magnésio como, por exemplo:

  • comer-bananaAs nozes,
  • Cereais integrais,
  • Cacau,
  • Feijão,
  • As algas
  • Farinha de soja.
  • Comer uma banana por dia e
  • não deixar de lado a hidratação.

Se você pratica muito esporte, considere que, beber água ou bebidas isotônicas para evitar a desidratação, é sempre muito aconselhável. Principalmente após fazer exercício. Outras recomendações:

  • Beba muito líquido durante todo o dia.
  • Use roupas mais soltas, sobretudo, calças e meias.
  • Tome um banho em água morna antes de dormir.
  • Pratique técnicas de relaxamento.
  • Realiza exercícios que ajudam a fortalecer os tornozelos.
  • Coloque-se nas pontas dos pés quando caminha sem salto.
  • Dorme de bruços, com as pernas estendidas e as pernas dobradas.
  • Consome diuréticos naturais.
  • Envolva a área afetada em uma faixa elástica sem apertar muito.

Remédios naturais para dor originadas da Cãimbra

Abaixo estão relacionadas algumas receitas para as dores. Todas naturais, caseiras e com resultados muito bons:

chá-de-alecrimGingko-Biloba – Ingredientes:

  • 3 colheres de sopa de gingko biloba
  • 1 copo de água

Coloque para ferver, os dois ingredientes, durante 10 minutos. Retire, deixe em infusão por mais 5 minutos, coe e beba diariamente.

Óleo Essesncial de Alecrim – Ingredientes:

  • Óleo essencial de alecrim (pode ser também de pinho ou eucalipto)
  • Azeite de oliva

Misture ambos os óleos em partes iguais (com algumas gotas será suficiente) Aplique na área afetada, para que o calor e as propriedades dos óleos ajudem a aliviar a dor.

Mel – Ingredientes:

  • azeite-de-oliva1 colher de sopa de mel
  • 1 colher de sopa de vinagre de maçã
  • 1 xícara de água quente

Misture tudo e beba logo em seguida, para que o cálcio seja distribuído de forma equilibrada por todo o corpo.

Chá de sementes de Mostarda – Ingredientes:

  • 1 colher de chá de sementes de mostarda
  • 1 litro de água

Como preparar? Ferva tudo durante 10 minutos. Se tiver uma banheira, encha-a com água morna e misture o preparo. Tome um banho de imersão até que a água esfrie. Caso não disponibilize de uma banheira, faça um banho utilizando um balde e jogando sobre o corpo.

canela e louro – Ingredientes:

  • 1 punhado de folhas de louro
  • 1 pitada de canela
  • 1 copo de água

Prepare um chá com todos os ingredientes, coe e beba morno. Repita diariamente durante uma semana, o procedimento.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.