Doenças

CANDIDÍASE – O QUE É?

candidiaseA candidíase é uma doença muito comum que acomete ambos os sexos, feminino e masculino, e pode ocorrer em várias partes do corpo, como vagina, pênis e também em outros locais, tais como: pele, unhas e na boca. A candidíase é mais comum nas mulheres, devido à umidade e calor da região íntima feminina, sendo provocada por uma infecção de fungos, em especial o fungo cândida.

 

CANDIDÍASE – SINTOMAS

 

Os sintomas da candidíase variam de acordo com a parte do corpo afetada. Por exemplo: na mucosa da boca os sintomas podem ser a dor, cor avermelhada e o aparecimento de manchas ou placas na língua, bochecha ou garganta.

Nos órgãos genitais, os sintomas da candidíase por muitas vezes são parecidos. Normalmente nos órgão genitais afetados os sintomas são a vermelhidão, prurido e dores. Entretanto, na vagina, existe a possibilidade do aparecimento de uma secreção branca de consistência espessa.

É importante destacar que a candidíase é uma doença sexualmente transmissível, contudo o sexo não é a única forma para transmissão da infecção. O contato com a pessoa que esteja com a mucosa da boca infectada é suficiente para transmitir a doença. Ainda, é muito comum que a candidíase seja provocada por um descontrole da flora vaginal, uso de roupas úmidas ou mesmo a má higiene. Por fim, os sintomas da doença também podem aparecer após o uso de antibióticos, pois o uso deste tipo de medicamento pode acabar afetando a reprodução de bactérias benéficas à saúde.

 

CANDIDÍASE – PRINCIPAIS REMÉDIOS pomadas-para-candidiase

Existem diversos remédios para o tratamento da candidíase, como as pomadas e os remédios que são ministrados via oral, ou seja, os comprimidos. Para uso dos comprimidos poder ser exigida uma receita médica para compra do medicamento, já para o tratamento a base de pomadas, os remédios podem ser vendidos sem a prescrição de um médico. Cabe ressaltar que as pomadas e cremes vaginais são acompanhados por aplicadores, utilizados para inserir o medicamento no órgão genital feminino.

Mas seja qual for a sua escolha, é muito importante realizar uma consulta médica para que a sua condição seja definida com exatidão. Quando não tratada adequadamente a candidíase pode gerar complicações mais sérias. O quadro da candidíase não é duradouro, e normalmente a doença desaparece alguns dias após a administração dos remédios, seja qual for a forma de tratamento, pomada ou comprimidos.

Abaixo serão listados alguns dos principais remédios para o tratamento da candidíase que não requerem prescrição médica, porém é importante destacar que estes são os medicamentos tópicos mais famosos, ou seja, as principais pomadas, e podem ser facilmente encontrados em qualquer rede de farmácia:

  • Miconazol;
  • Cetoconazol;
  • Clotrimazol;
  • Nistatina.

Os remédios utópicos também são muito recomendados para o tratamento da candidíase. Durante a gravidez o creme vaginal faz parte dos medicamentos mais indicados para tratar da doença. Ainda, o corrimento na vagina pode ser curado com higienização adequada da região afetada, apenas utilizando água morna.

Mas atenção! Casos de candidíase recorrentes requerem tratamento com medicamentos mais sérios, como antivirais e antibióticos. Esses remédios podem ser administrados para a candidíase acometida nos órgãos genitais de ambos os sexos: feminino e masculino. Entretanto há a exceção da Nistatina, que é o medicamento adequado para o tratamento da candidíase oral.

causas-da-candidiaseCabe destacar, que penas o uso de um desses remédios é o suficiente, sendo que o tratamento e a necessidade de aplicação do medicamento normalmente têm duração de no máximo uma semana. Geralmente as pomadas são aplicadas uma vez ao dia, durante uma semana, e os comprimidos consumidos em dosagem única. Contudo não deixe de ler a bula oficial do remédio para saber sobre seus efeitos colaterais e sua posologia.

Ainda, para que as lesões na pele não retornem e nem mesmo o corrimento vaginal volte a aparecer, é necessário alguns remédios caseiros, cuidados pessoais e práticas de higiene. Por fim, use preservativos durantes as relações sexuais ou conheça bem seu parceiro ou parceira. Previna-se para que os sintomas não retornem novamente.

Um dos remédios mais utilizados para o tratamento da candidíase é o Flucozanol. Normalmente considerado a opção número um para o tratamento do quatro de candidíase moderada, o Flucozanol também consiste de um antifúngico, similar aos medicamentos para tratamentos tópicos, podendo ser ministrado via oral ou intravenosa.

Por fim, esse medicamento somente pode ser comprado com a apresentação de receita médica, pois sua posologia deve ser prescrita por um profissional de saúde. Ainda, por não se tratar de um antibiótico, não haverá a retenção da receita.

 

CANDIDÍASE – CUIDADOS DURANTE O TRATAMENTO

Tratamento-candidiase

Apesar dos medicamentos contra a candidíase serem importantes e fundamentais para o tratamento da doença, é necessário que você se atente para algumas questões mais importantes. E para assegurar que seja alcançado um resultado mais rápido e eficaz durante o tratamento da candidíase, algumas instruções devem ser seguidas:

  • Pratique sexo seguro, com o uso de preservativos, ou evite relações sexuais durante o quadro de candidíase. O sexo pode causar desconforto e ainda pode infectar o seu parceiro ou parceira;
  • Por se tratar de uma infecção causada pela presença de fungos, é muito importante que o tratamento seja mantido por um período de tempo mais prolongado. Parar o tratamento pela metade aumentam significativamente as chances de retorno ou reincidência da doença;
  • Como dito anteriormente, o uso de roupas úmidas ou molhadas também favorece a proliferação dos fungos, portanto, evite usar biquínis úmidos por um longo período de tempo;
  • E alguns casos, maus hábitos alimentares e uma dieta inadequada pode contribuir para o desenvolvimento da doença. Para se prevenir, é recomendável uma dieta mais saudável, procure ingerir alimentos como maçã, iogurtes, alho, verduras e legumes em geral;
  • Suplementos alimentares como os multivitamínicos e o ômega 3 também podem ajudar o tratamento contra candidíase;
  • A higienização adequada das partes íntimas também é fundamental para prevenção ou combate da doença. Durante o tratamento, uma má higienização da área afetada pode contribuir para o agravamento do quadro ou até mesmo provocar o retorno da doença.

sintomas-da-candidiaseExistem também recomendações populares para tratamento da doença, como a aplicação de vinagre, alho, iogurte ou limão na área afetada. Porém tais recomendações não são as mais indicadas para tratar a sua condição médica. A melhor ação a ser tomada ao surtirem os sintomas da candidíase é procurar um especialista médico para diagnosticar um tratamento que possa conter a proliferação dos fungos e acabar com a doença. O uso de medicamentos caseiros pode desregular o pH e causar complicações  ainda maiores.

Por fim, os efeitos colaterais dos medicamentos podem variar de paciente para paciente, porém normalmente estes efeitos colaterais, como a cor avermelhada, dor e coceira não são comuns. Porém, caso apareçam, principalmente após a aplicação tópica de alguma medicação, suspenda o uso do produto e procure imediatamente um médico. Lembre-se: a saúde deve estar sempre em primeiro lugar, portanto não use remédios sem consulta e recomendações médicas.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.