Vitaminas

Carência de vitamina K? Descubra o que ela pode causar!

hemorragiasA Vitamina K pertence a um grupo de vitaminas hidrofóbicas e lipofílicas, e se dividem nos formatos K1, K2 e K3, podendo ser encontrada nos vegetais como os óleos e as hortaliças. Ela também pode ser produzida pela própria flora intestinal ou fabricada em laboratórios. Neste último formato e é bastante utilizada para elaboração de suplementos alimentares.

A Vitamina K é bastante conhecida por ser de extrema importância para o organismo e também ajudar na coagulação sanguínea e saúde dos ossos. E é por isso a importância de saber as consequencias da carência da vitamina K.

 

Quais são os principais benefícios da Vitamina K?

Dentre os diversos benefícios que esta vitamina proporciona, pesquisas científicas afirmam, que os principais são:

  • efeito-anticoagulanteCoagulação do sangue – A Vitamina K trabalha para que as proteínas se transformem em substancias que promovem a coagulação correta do sangue. Esse é o motivo pelo qual a Vitamina K é considerada essencial no processo da coagulação do sangue. Ela contribui para o controle de hemorragias e ainda possui efeito cicatrizante. O efeito anticoagulante dessa vitamina, pode por exemplo interferir no efeito de anticoagulantes prescritos em forma de medicamentos.
  • Saúde dos Bebês Prematuros: Devido a sua capacidade de coagulação sanguínea, a Vitamina K pode contribuir para a saúde dos bebês prematuros (Bebês que nasceram antes do tempo). Esses bebês têm maior probabilidade de sofrer uma hemorragia espontânea, e a Vitamina K auxilia na prevenção desse problema. Como não há confirmação em pesquisas, esse é um assunto que ainda desperta curiosidade. Entra em questão por exemplo, saber se todos os bebês prematuros podem utilizar desse tipo de suplementação;
  • Fortalecimento dos ossos: Assim como a Vitamina B, a Vitamina K também é essencial para a saúde e fortalecimento dos ossos, pois ela auxilia na fixação do cálcio. Ainda, é importante lembrar que o cálcio é extremamente importante para o organismo, uma vez que possui como responsabilidade a construção e manutenção dos ossos. Os dentes também são beneficiados.

O consumo de vitamina K também contribui para a saúde dos vasos sanguíneos, que por sua vez, precisam de complacência e elasticidade para comportar a pressão sanguínea e não se romperem. Essa é a afirmação que nos mostra como é fácil perceber que a Vitamina K pode ajudar a prevenir doenças como aterosclerose, ou doença cardíaca coronária, como também é conhecida, que causa o estreitamento dos vasos sanguíneos menores, responsáveis pelo fornecimento de sangue e oxigênio para o coração.

 

Onde encontrar a Vitamina K? Quais são as fontes?

fonte-de-vitamina-kA Vitamina K, pode ser encontrada em diversos alimentos, principalmente nos vegetais. Exemplo:

  • alface,
  • agrião,
  • brócolis,
  • cenoura,
  • couve-flor,
  • nabo,
  • rúcula e
  • outros vegetais de coloração verde (destacando-se os de cor verde escuro).

Outros alimentos também são ricos em Vitamina K, dentre as quais podemos citar o abacate, amora, ameixa, banana, figo, uva e o limão. E mais… O aipo, manjericão, coentro, sálvia, manjerona, orégano, salsa, e o tomilho. Por fim, a Vitamina K também esta presente no azeite de oliva, bem com no fígado bovino, fígado de frango e nos ovos.

 

O que a carência de Vitamina K pode causar?

vitamina-kEmbora sejam casos raros, algumas pessoas sofrem com a deficiência de Vitamina K no organismo. Sabemos que ela tem como fonte, uma diversidade de alimentos, além de ser encontrada nos vegetais e poder ser produzida pelo próprio corpo humano.

A ausência de Vitamina K causa diversos problemas relacionados à coagulação sanguínea, como:

  • a hemorragia
  • problemas relacionados à perda da saúde dos ossos,
  • a calcificação e má formação da cartilagem.
  • Causar depósitos de sais de cálcio na parede das artérias

Como são raros os casos de pessoas com deficiência desta vitamina, as pessoas que se alimentam restritamente têm maior chance ter a carência da vitamina K, é o caso de pessoas que se submeteram à cirurgia bariátrica para redução de estômago, e que fazem uso de medicamentos que dificultam a absorção de gordura pelo organismo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.