Sintomas

Cirurgia de mudança de sexo – Como é o procedimento

cirurgia-de-mudança-de-sexoEmbora seja mais comentada nos dias atuais, a cirurgia de mudança de sexo existe desde o ano de 1910, quando se há notícias de alguém ter realizado o procedimento. Na época, Einar Wegenar não se identificava com o seu sexo e fez a cirurgia para se tornar Lili Elbe. Baseado na história desta pessoa, foi criado o filme “ A Garota Dinamarquesa” que reproduzia a história de Lili e foi ganhador do Oscar.

Com o passar dos anos o procedimento cirúrgico foi se tornando comum e hoje, no Brasil inclusive, já é possível fazer a cirurgia até pelo SUS. Mas para isto é necessário ir para a fila de espera, e a cirurgia que é gratuita, pode demorar bastante para acontecer. O custo aproximado para fazer a cirurgia particular é em torno de R$ 30.000,00 (Trinta mil Reais).

A Redesignação Sexual é além da parte cirúrgica, um processo que se inicia na mente de cada pessoa que pretende passar pelo procedimento. Isso porque são pessoas que nascem com um corpo com o qual não se adaptam, e na maioria dos casos, elas também não se aceitam e por isso concluem que a melhor solução é a cirurgia.

Como funciona a cirurgia de mudança de sexo?

redesignação-sexual

O processo cirúrgico e o pós operatório é bastante doloroso devido à complexidade do procedimento que além de demorado é brusco e intenso. O paciente precisa de acompanhamento médico e psicológico por um tempo.

Para se submeter a tal procedimento, o paciente dever ser maior de 21 anos de idade. Pelo SUS, o procedimento começa dois anos antes da cirurgia acontecer, segundo especialistas, este acompanhamento é fundamental e necessário para que o resultado seja o melhor esperado.

Cirurgia Sexo masculino para sexo feminino

Para transformar a parte genital masculina em feminina, o próprio pênis é utilizado na contrução da vagina.

Procedimento-cirúrgicoApós receber a anestesia geral, o paciente recebe uma incisão ao redor do saco escrotal e do pênis. O canal urinário é readaptado para as condições femininas. Os cortes realizados, resultarão em vaginas com profundidade que varia entre 12 e 15 cm.

Os testículos são removidos para que não haja a produção de homônios masculinos, assim como os tecidos cavernosos, ficando somente a glande, que fica presa ao tecido responsável pela ereção.

O canal vaginal é coberto com a própria pele do pênis, garantindo sensibilidade, e e glande terá a função clitoriana, permitido o orgasmo.

Prepócio e escroto se transformam em labios vaginais.

Após a cirurgia é preciso fazer sexo com penetração constantemente por pelo menos 20 minutos, ou fazer o uso de alargadoras para que o canal aberto não se feche.

Cirurgia Sexo feminino para sexo masculino

A cirurgia neste caso é ainda mais complexa, que no caso anterior, já que será necessária a inserção de hormônios para estimular o crescimento do clitóris.

O uso de medicamentos hormonais diariamente é feito pela paciente. 200 mg de testosterona são ingeridos para efeitos como a gravidade da voz, o aumento de pelos do corpo e o fim da menstruação. O ganho de massa muscular também passa a ser notado neste caso.

Embora todas as características citadas são importantes para o homem, o mais importante para o sucesso da cirurgia, é o crescimento do clitóris, que começa a ganhar forma, do mesmo jeito que acontece com os embriões.

Ao atingir média de 6 cm, ele ganha movimento e se descola da região, tonando-se mais independente. A uretra ganha tamanho devido ao tecido extraído da vagina.

O tecido dos grandes lábios vaginais se transformam em testículos que são envolvidos por esferas de silicone.

Importante…

Ao decidir fazer o procedimento cirúrgico para mudança de sexo, o paciente deve estar ciente do tempo necessário para a propria realização do mesmo. Deve fazer o acompanhamento e ainda estar ciente do cuidados pré e pós operatórios.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.