Doenças

Dieta para cuidar dos ossos e das articulações fracas! Não deixe de conhecer!

Mesmo que você tenha uma saúde de ferro, os ossos e as articulações em algum momento, começam a falhar. As dores nos ossos devem-se ao desgaste que eles sofrem com o tempo, mas também são motivadas por uma dieta pobre que não tem as propriedades necessárias para mantê-los saudáveis. Assim, se não consumimos cálcio e antioxidantes suficientes, nosso sistema ósseo, mais cedo ou mais tarde, começará a dar sinais de deficiência.

remédios-naturais-para-cartilagemQuando começamos a perceber que possuímos ossos e articulações enfraquecidos, temos que variar a nossa dieta habitual. O objetivo será manter os níveis de cálcio, magnésio e vitamina D adequados para o seu bem-estar. Embora a cada dia adquirimos mais conhecimentos sobre nutrição, é difícil improvisar as nossas refeições de forma que contenham os benefícios que buscamos. Por isso, o melhor é programá-la antecipadamente, considerando os nossos objetivos. Para isso, a proposta do artigo de hoje é oferecer dicas que ajudam a criar a melhor dieta para suas circunstâncias. São muito simples de executar, mas de grande utilidade. Você quer conhecê-las?

Dicas alimentares para fortalecer os ossos e as articulações fracos

problemas-de-cartilagemEvite o sal – Na verdade, é impossível comer sem sal, já que os alimentos processados contêm esta substância. O problema está em seu alto teor de sódio. O sal propicia que se elimine mais cálcio através da urina, o que dificulta a manutenção dos ossos. Se para você é complicado eliminar o  excesso de sal do tempero, é recomendável que você use sal marinho, lembrando que ele não é refinado. Assim, é composto por minerais que neutralizam o poder do sódio e, além disso, não produz retenção de líquidos.

Modere o consumo de álcool

O excesso de álcool prejudica a absorção de cálcio e vitamina D. Ambos são indispensáveis para a melhoria dos ossos e das articulações. Isso não quer dizer que você deve parar por completo de tomar uma cerveja quando você estiver em um evento social, desde que faça com moderação e não sej frequente.

A vertente emocional é um componente importante para o sucesso de nossas decisões. Por isso, o ideal é não ultrapassar um copo de cerveja ou de vinho diário.

A cafeína aumenta a perda de cálcio

evitar-caféA questão da cafeína é mais delicada em mulheres que já tenham chegado ao período da menopausa. Como sabemos, é um momento delicado na saúde das mulheres, porque ocorre um grande número de alterações hormonais e celulares. Por isso, é que a partir dessa época, aumentam as chances dos casos de osteoporose e artrose. Portanto, tomar mais de duas xícaras de café diáriamente, acelera a desmineralização, por dois motivos. Primeiro , favorece a expulsão do cálcio através da urina e, depois, interfere na absorção do mesmo.

Exceder-se na ingestão de proteínas aumenta a perda óssea

Muitas dietas com a finalidade de perda de peso aconselham a introduzir mais proteínas em nossas receitas. Isso é sugerido, devido ao fato de serem digeridas com facilidade, além disso, elas impedem a retenção de líquidos e aumentam a perda de gordura abdominal. No entanto, quando ultrapassamos a quantidade adequada, os químicos que ocorrem durante a digestão podem prejudicar a qualidade de nossos ossos. O ideal é combinar os ingredientes ricos em proteínas, frutas e vegetais com alto teor em minerais, cálcio e magnésio.

O sistema ósseo também precisa se exercitar para manter-se saudável ou para recuperar a saúde perdida. Quando isso acontece, é essencial que se faça atividades físicas de forma gradual e progressiva. O melhor é optar pelas atividades que usam o próprio corpo como ferramenta. Os exercícios mais recomendados neste caso, é a bicicleta e uma boa caminhada. Em ambos os casos estarão treinando a capacidade de sustentar o seu próprio peso, ao mesmo tempo em que melhorará a circulação, os ossos e articulações, com maior eficácia.

tendõesDepois de um tempo, você terá mais resistência, e terá melhor resultado com atividades como caminhadas mais longas, ou com o uso de pesos. Ambos os exercícios são mais exigentes para as articulações, o que significa que você terá que fazê-los com cautela e, se possível, com acompanhamento de um profissional. Os técnicos e monitores têm o conhecimento necessário para indicar as atividades de forma mais conveniente.

Como você vê, cuidar de nosso sistema ósseo é mais fácil do que parece. A única coisa que você tem a fazer,  é moderar no consumo de alguns alimentos. E se quiser reforçar a sua dieta, basta alguns simples exercícios que ajudarão na consolidação dos benefícios de seus novos hábitos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.