Dor de Remedios Para

Dor de ouvido no inverno! Como se prevenir?

Dor-de-ouvidosNo geral, a dor de ouvido é um sintoma que se apresenta em algumas circunstâncias como, por exemplo, após um período de exposição ao vento e ao frio. Trata-se de uma resposta que o organismo nos dá de que algo está errado. O uso indevido de cotonetes também pode ser responsável por esse tipo de dor.

Contudo, é preciso estar atento às manifestações do nosso corpo. Precisamos identificar se a dor de ouvido ocorre isoladamente ou há outras anormalidades. A seguir, veremos alguns pontos relacionados a este mal e como prevenir e tratar, além de avaliar algumas possíveis causas.

Você sabe quais são as possíveis causas de dor de ouvido?

Abaixo, estão relacionadas algumas causas da dor de ouvido, dentre eles:

  • dor-de-gargantaDor na mandíbula: às vezes a dor de ouvido nada mais é do que resultado da dor na mandíbula ou dor no dente siso. Isto ocorre em função da relação entre articulação e ouvido. É comum sentir dor ao mastigar. Quando mastigamos ou bocejamos imediatamente sentimos um forte incomodo. Neste caso, evitar a mastigação é o recurso mais viável, para isso você pode optar pela ingestão de alimentos líquidos para ajudar a evitar a dor até que fique  definitivamente livres dela. Outra forma de evitar o sofrimento é colocar uma bolsa de água quente na região afetada;
  • Dor de garganta: a dor de garganta muitas das vezes é sinal de infecção no ouvido. Geralmente o doente começa a apresentar febre de trinta e oito graus, sinal de que o organismo está se movimentando para atacar algum corpo estranho. Em regra, isto pode ser solucionado através do uso de antibióticos como o Ibuprofeno, mas sempre com orientação médica. Este medicamento costuma ser a melhor indicação para o alivio imediato da dor;
  • Dor de ouvido ao engolir: infecções na garganta e amígdala podem causar fortes dores de ouvido. O tratamento é feito geralmente com uso de anti-inflamatórios como o Ibuprofeno, ou antibióticos como a amoxicilina, mas sempre após consulta médica. Nenhum medicamento deve ser utilizado sem prescrição profissional;
  • dente-nascendoOs bebês costumam sofrer frequentemente com dores de ouvido. Isto costuma ocorrer durante o crescimento dos dentes. Adultos também podem sofrer este mal durante o crescimento do dente siso, o último da arcada. Neste caso, deve-se procurar um dentista para averiguar se as condições de crescimento estão normais. Caso não esteja, talvez seja necessário fazer uso de algum medicamento para aliviar a dor;
  • Dor de ouvido e tontura: quando juntos, estes sintomas costumam apontar para outro mal chamado labirintite que é uma inflamação do ouvido interno.
  • Além das causas que já foram citadas, a dor de ouvido pode como origem, a artrite na mandíbula, problemas de mastigação, alergias, resfriados, bruxismo e barotrauma ou problemas causados pela variação de pressão, comum em viagens de avião.

 Como se prevenir, principalmente no inverno

proteger-os-ouvidosAlgumas vezes, após o mergulho em rios, lagos, piscinas, ou mesmo após o banho, sentimos o ouvido doer. Isto ocorrerá muito provavelmente em função da água que nele entrou. Neste caso, basta virar o ouvido afetado para baixo e esperar que toda a água seja removida. Caso isto não ocorra, talvez seja necessário utilizar compressas de pano quente para que ela evapore. Contudo, a prevenção é sempre o melhor caminho. Evite ficar muito tempo dentro da água, inclusive no chuveiro de forma que possa entrar água no ouvido. Para praticantes de esporte na água, fazer pausas de 10 minutos após 40 de permanência na água ajuda a secar o canal do ouvido.

Outra forma de se prevenir, durante o inverno, é fazer o uso de agasalhos que protegem os ouvidos, durante o inverno, até mesmo quando for dormir.

Mesmo com tantas informações, o mais importante é lembrar que é preciso estar atento aos sinais do corpo. Procure um médico se os sintomas persistirem e jamais utilize medicamentos sem o controle profissional. Lembre-se que sua saúde deve estar em primeiro lugar.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.