Sintomas

Dor nas mamas? Isso não te pertence! Saiba como se prevenir!

Com o grande aumento do número de casos de câncer de mama, não é anormal notarmos mulheres preocupadas em se prevenir contra a doença.  Ao sentir algum tipo anormal de dor nos seios, a mulher está extremamente correta em preocupar-se e buscar auxílio de um médico, afinal algumas doenças muito graves são assintomáticas, podendo ser descobertas em graus muito elevados. É uma característica também do Câncer de mama.

dor-na-mama

Sentir dor nas mamas, é relativamente normal e nem sempre significa, uma doença grave, o que não isenta de tomar certos cuidados.  Dores nas mamas podem acontecer por motivos diversos como durante a ovulação, período menstrual, alterações hormonais entre outros, considerando também que esta é uma parte bastante sensível do corpo da mulher. Em qualquer momento da vida a mulher pode ser acometida pela dor nos seios.

Gostou do assunto, então não deixe de ler todo o artigo. Aqui você verá quais são as principais causas de dor nas mamas e como fazer para evitá-las.

As principais causas de dor nas mamas

A dor nos seios possui diversos fatores que contribruem e afetam para a sensibilidade, resultando em dor. Conheça a partir de agora, as principais causas de dor nas mamas.

  • causas-da-dor-na-mamaO uso de medicamentos com efeitos hormonais especialmente os anticoncepcionais orais e os medicamentos para tratamento da infertilidade;
  • Cirurgias para implantação de silicones, ou de redução de mama. Demodo geral, até que haja a completa recuperação do local, há possibilidade de a mulher sentir dor nesta região.
  • O tamanho dos seios pode um grande motivo para sentir a dor nas mamas dor nos seios pode ser provocada pelo tamanho das mamas e ainda pode se irradiar para o pescoço, ombro e costas;
  • Os uso de antidepressivos é também causa de dor nos seios;
  • Alterações ou reposição hormonais: a dor nos seios causada pelos hormônios reprodutivos, pelo ciclo menstrual o comum e não preocupante;
  • Cistos mamários: é a chamada doença fibrocística da mama, tratando-se de nódulos benignos que surgem por conta dos estímulos hormonais;
  • Nível de ácidos graxos desequilibrados: dentro das células das mamas, esse fator cria maior sensibilidade e dor;
  • A gravidez também pode influenciar no desenvolvimento da dor nos seios,
  • A inflamação que aparece durante a lactação (Mastite),

É importante considerar que sentir dor constante e por tempo prolongado, é mostivo para procurar um médico e verificar até mesmo a presença de nódulos ou qualquer outro tipo de anomalia em seus seios.

Formas de prevenção

sutiã-para-atividade-físicaIndependente da causa da dor, pode-se evita-la com algumas pequenas e simples ações. Ainda que na maior parte dos casos, elas estão relacionadas ao estilo de vida da mulher, abaixo eu apresento a você, algumas formas de  prevenir e não sofrer mais com dores nos seios ou glândulas mamárias:

  • Nunca use sutiãs que deixam os seios muito apertados; faça sempre o uso do sutiã para atividade física adequado.
  • Evite a cafeína caso você perceba que isso pode agravar a dor;
  • Procure manter um peso adequado;
  • Sutiãs esportivos são recomendados durante os exercícios físicos;
  • Alimente-se de forma saudável, evitando as gorduras e os carboidratos simples.
  • Faça o autoexame sempre que possível
  • Caso seja necessário, faça os exames de mamografia, solicitado pelo seu médico.

Previna-se contra a dor nos seios, contudo caso persistirem os sintomas, procure imediatamente o seu médico.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.