Remedios

Embolia Pulmonar tem cura? É grave? Conheça tratamentos

embolia-pulmonar  Você, certamente já ouviu falar de Embolia pulmonar, não é mesmo! Mas nunca é demais se manter informado, sobre as complicações que esta, que também conhecemos como tromboembolismo pulmonar pode nos causar.

A Embolia é uma doença que podemos dizer que é fatal, porque pode chegar a graus elevados que podem levar a óbito. Pensando nisso, abordaremos o tema, levando ao seu conhecimento, os sintomas, as causas, tratamentos e remédios, não deixe de ver!

O que é Embolia Pulmonar?

tromboembolismoO bloqueio de uma ou mais artérias dos pulmões, causado por coágulos sanguineos que também chamamos de trombos, é o que define a Embolia pulmonar. Ao se desprender das veias mais profundas, que podem ser da região pélvica ou das pernas, o coágulo é liberado na corrente sanguínea, causando as obstruções.

A complicação acontece de acordo com o tamanho dos trombos, que podem alojar-se em pequenas artérias pulmonares, no caso de trombos menores, ou causando obstrução mais grave, logo ao deslocar do coração, no caso de o trombo ser maior.

Deve-se considerar que células cancerígenas, bolhas de ar, e gorduras resultantes de traumas sofridos e fraturas, também podem formar os coágulos que causam a embolia pulmonar, mas são causas menos comuns.

Principais Causas e fatores de risco

Já entendemos que a presença de coágulos que obstruem a passagem do sangue nas artérias. Ao deslocarem, os coágulos seguem para na corrente sanguínea, até que obstruem alguma artéria. Esses coágulos, são conhecidos como trombose venosa, e uma vez que se deslocam para artérias dos pulmões, acontece o que chamamos de embolia.

A embolia pulmonar pode acontecer em qualquer pessoa, de qualquer idade, inclusive, porem alguns fatores, contribuem para que algumas pessoas apresentem maior risco de desenvolver a doença. São elas:

  • Pessoas com histórico familiar;
  • Com excesso de peso ou obesidade
  • Sedentárias
  • Pessoas com problemas cardíacos
  • Gestantes
  • Fumantes
  • Pessoas que fazem a terapia de reposição hormonal, ou que fazem o uso de anticoncepcionais com estrogênio.

Sintomas da Embolia Pulmonar

Os sintomas variam de acordo com a quantidade de veias obstruídas, variando também de acordo com a região do pulmão em que estão situadas estas veias.

Ainda não havendo obstrução, a presença do coágulo, pode gerar sintomas, porém, são sintomas pequenos e quase imperceptíveis.

Já quando os trombos são maiores, a obstrução é maior, e os sintomas mais acentuados são inevitáveis, porque é possível que mais de uma artéria estejam bloqueadas. Para este caso da doença, os sintomas são:

  • sintomas-da-embolia-pulmonarDores fortes no peito
  • Falta de ar
  • Suores frios
  • Início repentino de dores toráxicas fortes.
  • Ansiedade
  • Palidez
  • Tonturas
  • Desmaios
  • Dores e inchaços nas pernas.

Diagnosticar a doença, é simples! Após passar por uma consulta, exames laboratoriais e de imagem, serão solicitados pelo médico, que irá se encarregar de prescrever o tratamento do seu caso, de acordo com a sua gravidade.

Tratamento da Embolia Pulmonar

causas-da-emboliaExistem medicamentos que são eficazes no tratamento da Embolia Pulmonar. Esses são medicamentos capazes de dissolver os coágulos na corrente sanguínea, são os tratamentos através do uso de anticoagulantes.

O tratamento, é eficaz, porém exige um acompanhamento médico mais intenso, visando que o anticoagulante age na dissolução dos coágulos, isso faz com que o sangue se torne mais ralo, aumentando as chances de hemorragias.

Outra forma de tratamento é o processo cirúrgico. Esse é o método utilizado quando o uso dos medicamentos não dão o resultado esperado. As cirurgias consistem em remover os coágulos, ou para retirar o êmbolo pulmonal, no caso de a embolia se encontrar muito espessa.

Também através de processo cirúrgico, pode ser feita a introdução de um cateter, que funcionará como uma barreira, impossibilitando a passagem dos coágulos para o pulmão.

Remédios mais indicados

Os anticoagulantes são os medicamentos mais utilizados para os tratamentos de trombose e também da Embolia Pulmonar. Aerolin, Acebrofilina, Ares, Atrovent e Heparina estão entre os mais utilizados. Esses são medicamentos que só se compra com a prescrição médica, e devem ser tomados na hora e na quantidade certa, lembrando que o seu uso em excesso, pode colocar em risco a vida do paciente.

Como se prevenir contra a Embolia?

É fato, que fatores genéticos podem fazer parte das causas de embolia, mas alguns cuidados podem nos ajudar a tornar a sua aparição mais difícil:

  • Manter uma rotina de hábitos saudáveis. Atividades físicas e uma alimentação correta;
  • Evitar o uso de cigarro;
  • Manter o peso sobre controle, evitando o sobrepeso e a obesidade;
  • Não ficar por mais de uma hora em uma mesma posição. De hora em hora, quem trabalha sentado, deve levantar e se movimentar por alguns minutos;
  • Em caso de viagens longas, procure fazer a mesma coisa: se levantar a cada hora para movimentar e principalmente exercitar a musculatura das pernas.
  • Quando recomendado, o uso da meia elástica, é também uma forma eficaz de prevenção contra a Embolia.

 

 

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.