Dor de

Entenda a Dor no estômago! Como prevenir, tratar e remediar

dores-estomacaisO Estômago é um dos principais órgãos do aparelho digestivo, é ele quem recebe todo o alimento que ingerimos, para iniciar o processo de digestão alimentar. Um número muito extenso de pessoas sofrem com dores nesse órgão, o que serve de sinal de alerta para a possível aproximação de alguma doença.

A dor de estômago pode acontecer por motivos diversos, sendo alguns deles:

  • Úlceras
  • Gastrite
  • Acidez estomacal
  • E até o excesso de gases

Quando você sente a dor de estômago, você deve entender que o seu organismo está dando sinais de que algo está fora do normal, ou seja, a dor no estômago pode representar sérios problemas. Se acompanhada de outros sintomas, a dor de estômago exige ainda mais atenção. Por isso fique atento se ela estiver relacionada a:

causas-de-dor-no-estômago

  • VômitoA dor de estômago acompanhada de vômito é o primeiro sinal de intoxicação alimentar, mas este também pode ser um sinal de úlcera estomacal. Recomenda-se que ao sentir esse conjunto de sintomas, você não espere muito tempo para procurar um médico.
  • Se além de vômito você também está percebendo uma redução de peso, fique atento! Se recorrentes principalmente, você pode estar apresentando sinais de câncer no estômago. Sabemos que o câncer é uma doença silenciosa, contudo, pequenos sinais de anormalidades se investigados e tratados a tempo, podem salvar a sua vida.
  • GasesOs gases associados a dor estomacal, pode significar presença bacteriana em seu estômago. A má digestão também provoca essa sensação de empanzinamento, dores e gases. Se esse é o problema que você tem enfrentado, é aconselhável que você marque uma consulta médica, para diagnosticar e medicar você.
  • Sentir dor de estômago após comer pode ser sinal de refluxo. Em alguns casos de pedras na vesícula, o paciente pode também passar por essa situação. Para evitar os problemas com refluxo, você deve evitar alimentos pesados e gordurosos e nunca deitar-se imediatamente após comer. Além de dores você pode também sentir azias, mal-estar e até vômitos.

Atenção!

Se você sente dor de estômago constantemente, significa que você está com algum problema mais sério de saúde no próprio estômago, ou em algum dos órgãos de sua proximidade. Pâncreas, rins e vesícula podem estar doentes e necessitando atenção. Para certificar do tipo de dor, é necessário uma série de exames, inclusive exames de imagem da região abdominal, que serão solicitados pelo seu médico.

Como evitar a dor no estômago?

Para evitar a dor estomacal, uma série de cuidados são muito bem-vindos, entre eles:

  • evitar-caféEvitar bebidas alcoólicas
  • Evitar refrigerantes
  • Não comer alimentos muito ácidos, temperos fortes como pimenta
  • Evitar café
  • Evitar as frutas cítricas
  • Evitar comidas gordurosas e pesadas (inclusive frituras)
  • Evitar o consumo excessivo de doces
  • Manter o peso adequado
  • Alimenta-se nos horários corretos (de 3 em 3 horas é o ideal)
  • Evitar consumir líquidos durante as refeições

Está relativamente associada à dor de estômago, a ansiedade e problemas emocionais causados pelo estresse excessivo. Essas são condições psicológicas que provocam a liberação anormal de suco gástrico no estômago, provocando azias, queimações, a gastrite e consequentemente as úlceras. Isso justifica a existência da chamada gastrite nervosa.

O efeito colateral de alguns medicamentos anti-inflamatórios são também causas de dores estomacais. O Ibuprofeno e o Diclofenaco, são exemplos de medicamentos que removem a camada de ácidos de proteção do estômago. Esses medicamentos não devem ser consumidos de estômago vazio e devem ser associados a outros medicamentos para proteção gástrica, como Ranitidina.

O que tomar para dor de estômago?

tratamento-para-dor-no-estomagoAntes de fazer o uso de quaisquer medicamentos, você deve consultar um médico para diagnosticar a causa da dor. Após isto, ele recomendará uma série de cuidados que devem ser seguidos da maneira correta.

Os remédios mais utilizados para tratamento do estômago são o Omeprazol, Buscopan, Ranitidina e Metoclopramida. Esses são medicamentos eficientes para dores estomacais, mas não devem ser tomados excessivamente, porque como qualquer outro medicamento, podem apresentar efeitos colaterais e a superdosagem pode causar dano a sua saúde.

Antes de optar pelo uso de medicamentos, alguns métodos podem ajudar a aliviar a dor. Por exemplo:

  • Tomar bastante água. A água estimula a ação do sistema linfático
  • Use roupas mais soltas, que não apertem a região do abdómen
  • Chás naturais de camomila e espinheira santa
  • Alimentar-se de comidas leves por pelo menos três dias a contar do dia de crise de dor
  • Comer pedaços de batata A batata crua exerce muito bem a função de antiácido natural.
  • Comer mamão de manhã ou tomar vitaminas de mamão. Isso ajuda a diminuir a acidez e contribui positivamente no processo de digestão alimentar.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.