Doenças

Especialidade médica: Alergia e Imunologia – Saiba todos os detalhes

doenças-alérgicasO número de pessoas com doenças alérgicas no Brasil, é quase maior que 20%. Quando falamos das alergias, elas estão relacionadas à alimentação, picadas de insetos, poeira e diversos outros fatores. Essas doenças devem ser consideradas graves, uma vez que não apenas no Brasil, mas em todo o mundo, elas são causa de morte. Algumas das mortes poderiam ser evitadas, se a informação sobre a doença fosse conhecida por essas pessoas.

Se você sofre de alergias ou conhece alguém que passa por este problema, você deve ir, ou incentivá-la a procurar um médico alergista para fazer o diagnóstico da causa da alergia, e te instruir para evitar as crises, e sobretudo, que a doença se agrave. Na rede pública de saúde brasileira é ainda precário, este tipo de especialista.

É importante o acompanhamento médico para lidar com as doenças crônicas para evitar as probabilidades do aumento do número de mortes por alergia.

Doenças alérgicas mais comuns

Uma série de doenças tem origem alérgica, anote aí algumas delas:

  • rinite-alérgicaRinite
  • Sinusite
  • Asma
  • Urticária
  • Dermatite de contato e atópica
  • Pneumonia
  • Alergia alimentar
  • Anafilaxia
  • Alergia a medicamentos
  • Angioedema
  • Tosse
  • Entre outros…

Pacientes que apresentam reações alérgicas relacionadas a algum dos fatores acima citados, devem ficar atentas e nunca deixar de procurar um especialista para fazer um diagnóstico preciso das causas dessas reações e trata-las, a fim de evitar crises mais graves que possam colocar em risco até a sua vida.

Além de realizar um teste alérgico, outros procedimentos comuns são:

  • testes-reações-alérgicasImunoterapia com o uso de medicamentos alérgenos
  • Imunoterapia com o uso do próprio veneno dos insetos
  • Testes de broncoprovocação
  • A avaliação do quadro imunológico do paciente
  • As terapias com o uso dos imunomoduladores
  • Teste de provocação com medicamentos e/ou alimentos
  • Informações de controle relacionados ao meio ambiente
  • A dessensibilização com o uso de medicamentos
  • A avaliação relacionada a doenças crônicas relacionadas a fatores alérgicos como doenças na pele e doenças respiratórias como a asma.

Os estudos para preparação nesta área específica da saúde, exige do futuro profissional, horas de muito estudo e dedicação, sendo necessária, a estadia de pelo menos dois anos em clínicas ou alas de pediatria.

Nos casos de irritações alérgicas na pele, é comum, os pacientes procurarem de imediato, um dermatologista, assim como para as doenças respiratória, elas no geral procurarem um clínico geral ou pneumologista, quando na verdade deveriam procurar um alergista.

Quem está propício a desenvolver doenças alérgicas

reações-alérgicasO histórico familiar, ou origem genética, como é também chamado, é um dos principais motivos do desenvolvimento das doenças alérgicas, portanto pais alérgicos devem realizar exames em seus filhos para diagnosticar e prevenir problemas maiores. A vacinação correta é um meio de manter o sistema imunológico mais resistente.

Não se pode afirmar que quem não sofre de alergias na infância, está isento de desenvolver na fase adulta. Pode acontecer também e exige todos os cuidados como de costume em qualquer idade. A alergia pode surgir em qualquer idade, em qualquer pessoa de qualquer sexo ou tipo físico.

Você sabe o que Alergologia Pediátrica? E quando procura-lo

vacinação-corretaUm alergologista é o profissional da saúde, especializado em doenças alérgicas. No caso do Alergologista Pediátrico, ele é responsável pelo caso dessas doenças alérgicas em crianças. A maior parte desses profissionais, atendem a ala de pediatria, pois o maior número de pacientes são crianças. Elas desenvolvem com mais facilidade as reações alérgicas.

Ao apresentar os primeiros sinais de alergias, ou das características aqui citadas é a hora de procurar o alergologista, não deixe de procura-lo o quanto antes.

As doenças alérgicas são curáveis?

Muitas pessoas pensam que terão que conviver com a alergia para o resto da vida, no entanto, para todas elas existe um tipo de tratamento, ainda que algumas realmente não curam totalmente. O acompanhamento médico é o fator responsável para evitar as crises e até para fazer com que o paciente conviva de forma mais confortável com o problema.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.