Doenças

Fadiga adrenal: a razão pela qual você se sente sempre cansado

sinais-da-fadiga-adrenalVocê sabia que o cansaço constante, que  que as pessoas apresentam pode decorrer de uma condição conhecida como fadiga adrenal? Longe de ser uma doença, é um sintoma relacionado com o estresse.

A fadiga adrenal ou hipoadrenia é uma condição na qual a pessoa se sente exausta de forma constante, devido a um pequeno desequilíbrio em diversas glândulas supra-renais que trabalham em um nível mais baixo do que o normal. Pode-se dizer que esta pequena alteração ou insuficiência adrenal não tem nada que ver com nenhum problema sério relacionado com os nossos rins. Na realidade, a origem deste problema encontra-se em um inimigo bastante conhecido: o estresse. Assim, a chamada fadiga adrenal é um sintoma, caracterizado pelo simples resultado do estresse físico ou emocional mantido ao longo de muito tempo.

É então quando o nosso sistema imunológico está enfraquecido e, em consequência, surgem  uma série de desajustes internos que resultam nesse cansaço permanente, naquela apatia e dificuldade para descansar de forma saudável, que tanto afeta o nosso estilo de vida. Hoje, no Dicas de Beleza, quero convidá-lo a conhecer um pouco mais sobre este tema.

A fadiga adrenal: uma doença ainda não muito estudada

estresseÉ importante destacar que a fadiga adrenal ainda não apresenta os estudos suficientes para ser considerada como doença como tal. De fato, até o momento, ela é considerada um simples desajuste nessas glândulas que regulam a partir dos nossos níveis de glicogênio até a própria atividade imunológica. Por isso não devemos nem muito menos atribuir todo o nosso cansaço a este tipo de condição.

Sempre que passamos por períodos de grande esgotamento é necessário ir ao médico para saber a origem, uma vez que por trás pode haver uma anemia ou até mesmo um problema com a nossa tireoide.

Qual é o papel das glândulas de rodapé?

glandula-adrenalAs glândulas de rodapé são as glândulas que intermedem em nossa resposta metabólica de “luta ou fuga” quando experimentamos estresse ou ansiedade. Além disso, também regulam as seguintes hormônios:

Glicocorticóides: hormônios que geram a reserva de glicogênio.

Mineralocorticóides: hormônios que controlam o equilíbrio entre a água e o sal no sangue.

Os andrógenos e estrógenos: as nossas hormonios sexuais.

O que causa a fadiga adrenal?

Tal como dissemos no início, a principal causa que da origem à fadiga adrenal é o nosso estilo de vida e, em especial, o estresse. Muitas vezes nem nos damos conta de que estamos trabalhando (sobretudo mentalmente) por cima de nossos recursos pessoais, que estamos sobrecarregados. Nos levantamos com preocupações e nos levantamos, sem ter dormido o suficiente e com mais preocupações, com mais pressão e mais pensamentos negativos, aumentando nossas emoções negativas. Todas estas dimensões têm o seu reflexo no nosso corpo, nosso coração, nosso cérebro, e é claro, nas glândulas supra-renais.

fadiga-adrenalAssim, estas pequenas estruturas localizadas apenas sobre os próprios rins se ativam diante de qualquer incompatibilidade bioquímico como pode ser:

  • Má alimentação,
  • Problemas digestivos,
  • Falta de sono
  • Alto nível de cortisol no nosso organismo.

Quando atravessamos ondas de stress, as glândulas de rodapé trabalham sem parar. Pouco a pouco, e devido a esta sobrecarga, acabam perdendo funcionalidade, se “cansam”, se “desgastam” e funcionam a um nível muito mais baixo.

Que sintomas apresenta a fadiga adrenal?

Tal como a própria palavra já indica, o sintoma mais evidente da fadiga adrenal é o cansaço. Não obstante, devemos lembrar que a fadiga não é em si uma doença, mas uma alteração ou um desajuste causado por estresse.

Os sintomas que teremos, portanto, são todos os processos relativos aos processos de estresse como:

  • alterções-de-pesoNegatividade e obscurecimento
  • Dificuldade para concentrar
  • Apatia
  • Insônia
  • Aumento ou diminuição de peso
  • Problemas digestivos
  • Dor muscular
  • Queda de cabelo
  • Épocas de diarréia e outras de prisão de ventre
  • Dores de cabeça

O que fazer se você suspeitar que está sofrendo de fadiga adrenal?

sintomas-de-estresseConsciente de que o seu nível de estresse é alto e de que você pode estar sofrendo de fadiga adrenal, o mais indicado é consultar o médico. No entanto, lembre-se: este problema não se resolve apenas com medicamentos para o estress ou a ansiedade. Precisamos de uma atenção e de estratégias multidimensionais.

É muito recomendável, por exemplo, recorrer também a um bom endócrino. O profissional desta área nos dá uma adequada análise e nos oferecerá uma série de diretrizes. Além disso, devemos ser conscientes da necessidade de gerir de forma adequada as nossas emoções.

Uma vida mais serena, mais centrada e priorizando um pouco mais a nossa saúde física e emocional é fundamental nestes casos.

Recomendações para o tratamento da fadiga adrenal

Parat tratar esta condição, é importante realizaremos 5 refeições ao dia, e melhor em pequenas quantidades, evitando os alimentos inflamatórios, como o café, o açúcar, os adoçantes ou comida processada.

Além disso, existem alimentos curativos para as glândulas de rodapé:

  • Coco
  • Suplementos de magnésio
  • Abacate
  • Brócolis ao vapor
  • Algas
  • Proteínas de fácil assimilação
  • Realizar atividades relaxantes.
  • Dormir pelo menos entre 7 e 8 horas diárias.
  • Favorece as relações positivas em sua vida.
  • Praticar yoga é ideal para reduzir o stress.

Para concluir, tratar a fadiga adrenal é muito mais fácil do que pensamos. Devemos abordar as coisas de outro modo, priorizar o que é importante e procurar viver de forma mais tranquila e saudável.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.