Doenças Dor de Remedios Para

Nefrologia – Cuida de que? Saiba quando procurar e procedimentos comuns

doenças-renaisA nefrologia é uma especialidade médica que trata de diagnosticar e tratar doenças relacionadas aos rins. O profissional especializado nesta área é o nefrologista.

Diagnosticar os problemas renais o quanto antes, é importante para prevenir ou tratar doenças como nefrites, litíase (pedra nos rins) e lesões. Esta também é a área responsável pela realização de hemodiálises.

Embora distintas, a nefrologia e a urologia ainda nos dias de hoje é confundida pelas pessoas. A diferença na verdade é que a nefrologia trata de cuidar de doenças do sistema urinário, onde não há necessidade de procedimentos cirúrgicos, estes que são realizados pela urologia, que também cuida de problemas relacionados ao órgão genital masculino.

Para que você entenda melhor, se uma pessoa sofre com pedras nos rins, mas não são pedras grandes, e que podem ser expelidas sem procedimentos cirúrgicos, o nefrologista pode se encarregar do caso. Já no caso de pedras maiores, onde há a necessidade de cirurgia, o caso é direcionado a um urologista.

Exames e procedimentos comuns

médico-nefrologistaComo você pôde perceber as especialidades são parecidas, o que difere é o processo cirúrgico, que não pode ser realizado pelo nefrologista e sim pelo urologista.

Para diagnosticar as necessidades e problemas de cada paciente, o médico nefrologista pode solicitar uma série de exames que garantirão um laudo preciso. Exames de sangue e de urina são os mais solicitados. Embora sejam os mais comuns, são eles os exames mais importantes para identificar problemas renais e urinários.

Através do exame de sangue, são observados os níveis de creatina, que se alterados, representam que o funcionamento dos rins não anda muito bem. A creatina e uma substância que os músculos produzem constantemente e os rins se encubem de eliminar.

Outro exame constantemente solicitado pelos nefrologistas é a biópsia renal. Neste procedimento, uma anestesia local é necessária. O ultrassom, auxilia na localização do órgão para a coleta dos fragmentos que serão analisados microscopicamente. A coleta dos fragmentos é feita com uma agulha especial que é injetada pelas costas do paciente.

Como se tornar um nefrologista?

nefrologiaPara se tornar um nefrologista não é fácil, o interessado deve primeiramente se graduar em medicina, em seguida ter uma residência médica, ou um estágio de pelo menos dois anos. É também exigida a residência ou o estágio em nefrologia.

Tanto estudo e dedicação, podemos dizer que é bem recompensado, o que faz a média salarial para esta área, bastante interessante se iniciando com um valor médio de R$ 4.600,00 até uma média salarial de R$9.000,00 para empresas de pequeno e médio porte. Para empresas maiores esse valor gira entre aproximadamente R$7.800,00 e R$ 15.200,00.

Quando é preciso consultar um nefrologista?

A partir dos 40 anos de idade é recomendável que toda pessoa busque um nefrologista para uma consulta preventiva e avaliativa. Outras razões para se procurar um médico desta especialidade, é quando a pessoa apresenta alguns sinais como:

  • urologiaNáuseas e vômitos
  • Inchaço ao redor dos olhos;
  • Inchaço nas pernas;
  • Ardor ou queimação ao urinar;
  • Ao perceber diferença de cor na urina (Se o aspecto for avermelhado poder ser sinal da presença de sangue);
  • Inchaço nas mãos;
  • Dor nas costas;
  • Dificuldade para urinar;
  • Sentir vontade de urinar várias vezes;
  • Grande quantidade de espuma na urina;
  • Anemia

Esses são alguns sinais de que algum problema renal está acontecendo, e é exatamente ao detectar estes sinais, que você deve procurar um nefrologista.

É importante destacar que pessoas que têm casos na família, tendem a desenvolver problemas renais com mais facilidade, portanto devem estar sempre atentos. Há que fazer consultas regulares com um nefrologista, pessoas que também têm diabetes, pressão alta, ou passaram por algum tipo de infecção, quando crianças.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.