Beleza

O que acontece no seu corpo quando você sobe ou desce ladeiras correndo?

subir-ladeiraSubir ladeiras é uma das atividades mais recomendadas para fortalecer os músculos inferiores e aumentar a nossa capacidade de resistência. Contudo, recomenda-se começar aos poucos, sem forçar muito. Em termos comuns ou normais, manter o corpo em boas condições é sinônimo de hábitos e estilos de vida saudável.

Pessoas que praticam atividades esportivas mais radicais, também necessitam estar com o preparo físico em dia. Estes costumam cumprir uma dieta saudável e uma rotina de exercícios. Assim, cada rotina pessoal depende de um diagnóstico prévio das capacidades de cada um. Pelo menos, essa é a forma como deveria ser feito. Fazendo-o de tal maneira, costumam-se surgerir rotinas de 30 minutos, que variam entre trabalho aérobico e trabalho específico. Até aí, tudo bem.

O problema de frente para este tipo de treinamento, é que centra-se na monotonia. Muitas pessoas se cansam e deixam de lado esse hábito saudável para a vida. Não obstante, graças à monotonia e o tédio de alguns durante a prática do exercício físico, surgiram novas maneiras para treinar.

Caminhar, correr ou correr para cima é uma modalidade de treinamento recomendada para aquelas pessoas avançadas, embora muitos iniciantes também podem fazê-lo.

O que é a subida?

subidaTal como o seu nome indica, a subida sugere subir. O nível de inclinação depende da área e o lugar escolhido por cada pessoa, por tal razão, nem sempre conta com as mesmas medidas. Apesar de ser um exercício recomendado para todo o tipo de pessoas, possui algumas contra-indicações, tendo em vista que este sugere maior exigência física. As pessoas interessadas neste tipo de treinamento, devem respeitar o seguinte:

  • Começar com inclinações de distância e inclinação pouco exigentes.
  • Fazer uma boa ativação prévia ao exercício. (Alongamentos)
  • Contar com o assessoramento de um treinador físico.
  • Consultar o seu médico de confiança para fazer uma avaliação.
  • Não exceder a essa prática, especialmente se você é um novato.

Benefícios obtidos neste tipo de atividade

Melhora a força de membros inferiores – O trem inferior é composto por os pés, as pernas e as coxas. Estes, por sua vez, são formados por músculos e pele, a qual necessita de cuidados em particular. Ao subir morros ou encostas, o nível de exigência desses segmentos se torna muito mais considerável. Consequentemente, a força do trem inferior vai aumentando, assim como a tonicidade da pele e a hipertrofia muscular.

Evita lesões – Graças à força oferecida pelo esforço, diminuem as chances de sofrer lesões em outros tipos atividades. Para cumprir com este benefício recomenda-se realizar a subida, respeitando as capacidades de cada um. Assim, o ideal é chegar até o final sem ter feito nenhuma parada. Desta forma, e com um treinamento constante, será possível obter este benefício.

fortalecimento-dos-músculosMelhora a capacidade pulmonar – Ao elevar o nível de exigência física, subir ladeiras fortalece e melhora a saúde dos pulmões. Em condições de treinamento normal, esta pessoa também é favorecida. No entanto, a ascensão de uma colina ou um caminho requer maior quantidade de oxigênio no organismo. Ao tratar-se de um exercício de tipo aeróbico, a demanda de oxigênio é superior.

Contribui para a perda de peso – Sem dúvida alguma, perder peso é um dos objetivos principais da maioria das pessoas imersas que praticam algum tipo de treinamento físico. A subida representa um nível de exigência muito superior em relação às atividades comuns. Por tal razão, dentro do organismo, ocorre um efeito de calor residual muito mais alto, e isto leva o organismo para a queima de calorias de forma rápida e, com isso, a transformação de carboidratos, proteínas e lipídios em energia.

Recomendações importantes que você deve se lembrar

atividades-físicasCom relação à dificuldade oferecida por esse tipo de treinamento, você deve cumprir uma série de recomendações. Neste sentido, não importa se a pessoa é iniciante ou avançado no mundo do exercício.

  • A postura é relevante – É muito importante manter uma postura adequada: evitar o quadril para a frente excessivamente e manter a cabeça erguida (prevenindo lesões na coluna).
  • Manter o ritmo – Desgastar-se logo no primeiro dia chega a ser prejudicial. Além disso, é possível que a energia não alcance para toda a costa.
  • Passos curtos – A pedalada diminuída contribui para o equilíbrio. Por tal razão, os passos curtos não só evitam cair, mas que também ajudam a melhorar a técnica.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.