Remedios Sintomas

Quais as Vantagens, Desvantagens e Efeitos Colaterais do DIU?

DIUO DIU é um método contraceptivo, desenvolvido em formato de “T”, com a finalidade de dificultar as possibilidades de uma gravidez indesejada. Ele pode ser encontrado na versão plástica revestida com cobre e prata ou na versão hormonal. A Duração do DIU de cobre pode ser de até 10 anos, enquanto a versão hormonal dura metade deste tempo, contudo, nesta última versão ele libera o hormônio que inibe a ovulação. Sua eficiência é melhor quando é inserção acontece com a mulher já menstruada.

Com eficácia de 99%, esta forma de contraceptivo é prática e não corre o risco do esquecimento, que muito acontece com que faz o uso das pílulas anticoncepcionais comuns. Além do tempo de duração, o DIU é facilmente encontrado em farmácias, mas para colocá-lo é essencial que você vá ao consultório ginecológico. É possível adquirir este método através da rede pública de saúde também, mas o processo pode ser um pouco mais demorado.

Como funciona?

Antes de saber como é a funcionalidade, devemos relembrar que os tipos de DIU existentes são:

  • diu-hormonalO DIU de Cobre ou DIU Multiload como é também conhecido
  • O DIU Hormonal, também conhecido como DIU Mirena

Ao ser inserido, ele libera substâncias que tornam o útero hostil aos espermatozóides. Ele deve ser colocado com pelo menos 5 dias antecedentes ao ato sexual.

Ambos os tipos são colocados no canal intra-uterino, são reversíveis e possuem hastes muito finas, quase imperceptíveis. Embora parecidos, a ação de cada tipo é diferente, já que o DIU hormonal age frmando uma barreira que impede a entrada dos espermatozóides. Esse tipo é ainda utilizado para tratamento de miomas e endometriose, o que faz desse tipo, um dispositivo ainda mais particular.

Ao usar o dispositivo, você deve estar sempre atenta as orientações e visitas ao ginecologista, porque ainda que seja raro, há possibilidade de o mesmo deslocar, havendo necessidade da manutenção ou até a retirada do mesmo. Neste caso, o seu médico indicará um novo método para se prevenir.

Como é colocado?

diu-mirenaComo já dito, o DIU deve ser colocado por um ginecologista. O método de colocação do DIU não costuma ser dolorido, o que pode variar de paciente para paciente. O melhor período para fazer a inserção do dispositivo, é no período dos 12 dias iniciais do ciclo menstrual, quando o útero está dilatado. 30 a 40 minutos são suficientes para fazer o procedimento, claro depois de uma série de exames de preparação que o médico responsável ira solicitar. Ultrassons e avaliações serão feitas para descartar presença de doenças ou de gravidez.

  • A primeira parte acontece com a higienização do colo uterino, que é feita com um antisséptico
  • É feita a medição da profundidade e da direção do útero;
  • Com um instrumento conhecido por especulo, é feita a abertura do canal vaginal e inserido o aplicador que leva o DIU até o útero.

Após o procedimento a mulher deve se abster de relações sexuais por 7 dias. Além disso, é possível que o fluxo menstrual se torne mais intenso e que ela venha a ter cólicas nos primeiros meses, mas deve-se considerar que a reação de cada organismo varia de um para o outro. Quaisquer outras obsservações como ganho de peso além do normal, devem ser relatadas ao médido responsável pelo procedimento.

Custo benefício

O preço do DIU é acessível, uma média de R$ 70,00 até R$ 100,00 aproximadamente, contudo o procedimento de colocação é um pouco mais caro e pode custar média de R$ 600,00 em clinicas particulares. A Rede de saúde pública oferece o DIU sem custo, inclusive as maternidades públicas já realizam o procedimento após o parto. Utilizado por uma boa parte das mulheres, o DIU é ainda muito evitado, e por essa razão o SUS (Sistema Único de Saúde) quer torná-lo mais popular.

Vantagens e Desvantagens

Todo método contraceptivo tem sua lista de vantagens, bem como a de desvantagens do uso. Com o DIU não é diferente, e é claro, devo ressaltar que essas vantagens e desvantagens podem variar de acordo com cada pessoa.

Vantagens do uso:

  • tipos-de-diuA mulher não precisa se preocupar com o esquecimento;
  • Maior durabilidade
  • É Reversível
  • Mulheres não adeptas ao estrogênio, podem fazer o uso;
  • Pode usá-lo durante o período de amamentação;
  • Mais eficaz
  • Não interfere nas relações sexuais

Desvantagens do uso:

  • Aumento do fluxo mensntrual nos primeiros meses;
  • Alguns sangramentos fora do período menstrual;
  • Cólicas mais fortes, no caso do DIU de Cobre, essa possibilidade é maior

Agora que você já sabe um pouco mais sobre este contraceptivo, já dá para nos contar se ficaram claras as suas dúvidas.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.