Vitaminas

Qual a melhor forma de consumir alimentos? Cozidos ou crus? O que é melhor?

alimentos-cozidosAtualmente,  são divididas as opiniões sobre comer alimentos crus ou cozidos e os benefícios de uma ou outra opção, que recolhe uma grande quantidade de consumidores em ambos os “lados”. As inúmeras opiniões a favor e contra de cada postura, é muito grande, e é por isso que será abordado neste artigo sobre a melhor forma de consumir os alimentos. Não deixe de ver a seguir.

O tipo de alimentos que devemos consumir deve se adaptar às nossas características pessoais, bem como à época do ano, adequando-se às temperaturas, tanto externas como internas.

As vantagens e benefícios de ambas as formas de consumo

Entre os argumentos a favor dos alimentos crus, os especialistas afirmam que esta modalidade de alimentação entrega uma maior quantidade de nutrientes. Muitos destes nutrientes se perdem durante o cozimento. Além disso, optar por não cozinhar o alimento significa economizar em tempo e recursos como energia e gás. Por último, os alimentos crus são considerados mais digestivos, já que não necessitam de aparatos fortes e não criam sonolência após a refeição.

alimentos-crusAqueles que preferem os alimentos cozidos, defendem a tese de que este processo acaba com todas as bactérias presentes na comida, e que estariam impedindo diversos desconfortos futuros. Além disso, as fibras de certos alimentos somente amolecem quando são cozidos, o que favorece a digestão das mesmas. A temperatura também melhora durante o cozimento dos alimentos, o que ajuda e faz com que o nosso metabolismo seja mais eficiente.

Por outro lado, ao cozinhar os alimentos,  você acaba com os anti-nutrientes próprios de alimentos crus, os que dificultam e impedem a absorção de nutrientes. Além disso, os alimentos crus se decompõem-se mais rapidamente. Finalmente, o sabor de muitos alimentos geralmente melhora o cozido.

Desvantagens de ambos os casos

alimentos-naturaisFalando das desvantagens, os alimentos crus podem fornecer doenças bacterianas, por isso que o cozimento dos mesmos garante a ausência de fungos e bactérias. Além disso, muitas pessoas tendem a reter líquidos, tendo a sensação de inchaço e se queixar de mal-estar estomacal ao ingerir alimentos crus em excesso. Mesmo no verão, os alimentos crus ajudam a refresca, durante as estações de inverno os mesmos dão às pessoas a sensação de frio.

Enquanto isso, os defensores dos alimentos crus garantem que cozinhar determinados alimentos, envolve grandes gastos de tempo e energia. Além disso, geralmente, o consumo de molhos e gorduras também aumenta para aquelas pessoas que decidem cozinhar seus alimentos, o que repercute negativamente sobre a saúde e o condicionamento físico. Por último, cozinhar os alimentos piora a absorção de nutrientes, pois com a ingestão de alimentos cozidos altera a mucosa intestinal (responsável pela correta absorção dos componentes nutritivos).

O que dizem os especialistas em medicina?

Alimentos-cozidosCom respeito a esta divisão de posturas quanto ao consumo dos alimentos cozidos ou crus, especialistas concordam que a alimentação deve ser adaptada às características de cada pessoa e da estação do ano em que nos encontramos, por isso que a nossa alimentação não deve ser a mesma em todas as estações. Isso quer dizer que nos alimentamos no verão, de forma diferente à nossa alimentação no inverno.

O mais importante em relação a este tema é fazermos uma observação e análise objetiva sobre nós mesmos, sobre as nossas capacidades e as nossas orientações. Isto quer dizer que, se somos pessoas quentes e  com tendências ativas, talvez o melhor seja aumentar a nossa ingestão de alimentos crus. Já o contrário, se sofremos muito com o frio, o mais provável será mais viável, incluir alimentos cozidos em nossa dieta.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.