Sintomas

Sabe quais são as principais causas de hemorróidas? Veja aqui

dor-ao-evacuarHemorróidas é um problema enfrentado por diversas pessoas, o e equivalente a pelo menos 5% da população sofre com esse problema que causa extremo desconforto. Essa é uma doença hemorroidária que consiste na inflamação de veias e a dilatação das mesmas na região do reto e do ânus. Ela apresenta como sintomas:
Coceira,
• Dor ao evacuar
Sangramento no ânus.
Caracterizada por duas formas, a hemorróidas pode ser interna ou externa, ou seja, ela pode se manifestar ao redor do ânus ou nas veias de dentro do reto.
A hemorroida ocorre quando há pressão nas veias da região do ânus e o sangue não consegue fluir adequadamente. Isso ocasiona a inflamação e os sangramentos.

Os tipos e graus da hemorróidas

Como mencionado, existem tipos diferentes de hemorróidas. Elas que são provocadas por diversas causas diferentes, podem ser diagnosticadas como:
Hemorroida de 1º Grau – Tipo discreto que aparece na parte interior do ânus, apresentando pequenas dilatações das veias;
Hemorroida de 2º Grau – Este grau, é aquele em que o indivíduo, vai conseguir conviver de forma tranquila, até necessitar evacuar. Contudo, ela sai no momento da evacuação, retornando ao estado normal sem auxílio das mãos;
Hemorroida de 3º Grau – Neste grau, como no grau anterior, a hemorróidas , que está no interior do ânus, sairá somente no momento da evacuação, mas ao contrário do 2º grau, ela precisará ser colocada de volta ao interior com o auxílio das mãos;
Hemorroida de 4º Grau – Este é considero o grau mais elevado da hemorróidas que está no interior do ânus, e sofre um aumento tão grande que sai pela região anal, causando a saída da parte final do intestino. Neste grau, o paciente sente bastante dor.

Quais são os sintomas da hemorróidas?

causas-da-hemorroidaEmbora não pareça, a hemorroida pode não apresentar sintomas. Se ela é do tipo externa, é mais fácil de ser identificada, pois fica visível, enquanto a hemorroida interna somente pode ser identificada quando há presença de sangue nas fezes. Esse sintoma no geral, pode passar despercebido, e ser identificado através de exames clinícos laboratoriais.
Os sintomas comuns de hemorróidas são:
• Dor ao evacuar
• presença de sangue nas fezes.
Sangramento anal
• Desconforto físico
• Dor interna, no caso de grau elevado (4º grau)

Ao perceber sintomas da hemorróida, não exite em consultar um médico, porque os sintomas dessa doença são muito parecidos com os sintomas de outras doenças que acontecem nesta região, como tumores na região do reto, que pode evoluir até para um câncer.
Para fazer o diagnóstico correto de hemorróidas externa, o diagnóstico é feito por meio de exame físico e, já no caso do tipo interno da doença, o exame de toque é necessário. Pode haver a necessidade da realização da anuscopia, o médico irá requerer, se for o caso.

Saiba as causas e previna à doença hemorroidária

Para não ter problemas com a hemorroida, é preciso saber o que contribui para o seu surgimento. Veja abaixo, os diversos fatores:
causa-da hemorroidaDieta inadequada e sem fibras;
• Diarreia crônica;
Sexo anal;
• Pré-disposição genética – Histórico familiar;
• Permanecer sentado no vaso sanitário sem evacuar;
Prisão de ventre crônica
• Esforço no momento da evacuação;
• Permanecer sentado por longos períodos;
• Segurar as fezes quando se tem vontade de evacuar;
Cigarro
• Excesso de peso;
Gravidez;
• Cirrose;
Desidratação;
• Infecções anais.

Quem tem maior chance de passar por este problema?

Pessoas de qualquer idade, podem desenvolver problemas de hemorróidas, entre elas, crianças e idosos. No caso de crianças, os responsáveis devem permanecer atentos aos sintomas.
As gestantes também não ficam de fora, e estão sujeitas a passar por esse problema durante a gravidez as hemorroidas podendo sofrer desconforto ainda maior. Porém, tratados os sintomas da forma correta durante a gravidez, não oferecem risco.
A dica final para você, é: Fique atendo aos sinais de alertas do seu corpo, e em caso de sintomas da hemorroida, procure um médico o quanto antes para não deixar a doença se agravar.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.