Doenças

Teste de Cetonas no sangue – Melhores medidores e como ler o resultado

medidor-portátilAs cetonas estão presentes nas gorduras e interferem diretamente em nosso metabolismo. Quando solicitado, você deve fazer um exame para identificar a quantidade de cetonas em seu sistema sanguíneo. As cetonas são produzidas quando o corpo não produz a glicose suficiente para dar energia.

O exame para fazer com a finalidade de diagnosticar a quantidade ou o excesso de cetona, é normalmente, o exame de sangue, mas também pode ser feita a identificação pode ser feita através do exame de urina, embora ele meça apenas a quantidade de acetoacetato e acetona.

Causas

Ao detectar que o paciente passa por problemas diabéticos, é comum que o médico solicite o exame para a confirmação, mas afinal, o que causa as cetonas no sangue? Bom, a principal causa é a presença de ácidos gordurosos metabolizados assim como as cetonas no sistema sanguíneo, essa é a principal causa de cetose. Quando há a acidose metabólica, acontece então a cetoacidose. Aqueles que sofrem com Diabetes do tipo 1 não controlado tendem a desenvolver o problema com mais facilidade.

Sintomas    

Como dito, o exame é solicitado pelo médico assim que identificados, sintomas do problemas, que acontece em diabéticos. Fora deste quesito somente serão submetidas ao mesmo, pessoas que tenham a possibilidade de desenvolver o problema, ou mulheres grávidas.

Para que você saiba e possa prevenir problemas, alguns sintomas pode ajudá-lo a identificar o problema. Dentre eles:falta-de-ar

  • Fadiga
  • Confusão mental
  • Falta de ar
  • Respiração ofegante
  • Sede excessiva
  • Aumento do volume urinário
  • Hálito com odor diferente
  • Vômito e náuseas

Procedimentos

Para conferir o nível de cetonas no sangue, você além do pedido médico, precisa se deslocar até um laboratório para a realização do mesmo. Será usado um pouco de soro, em uma pequena quantia de sangue, neste caso, é medido apenas o acetoacetato.

Há também um medidor portátil que pode ser utilizado para fazer a medição em casa, você mesmo pode fazer, dando um pequeno furo no dedo.

exame-de-urinaNo caso de coleta sanguínea, será analisada a quantidade de cetonas, o que ajuda a verificar a possibilidade de cetoacidose em pacientes diabéticos do tipo 1, o que não descarta a possibilidade do problema em diabéticos do tipo 2.

O excesso de cetonas ou a cetoacitose, como é conhecida, pode acontecer devido ao aumento glicêmico, o que pode ser bastante perigoso em gestantes e diabéticos com algum tipo de infecção.

As dietas muito carregadas em gordura, carboidratos e o alcoolismo auxiliam no aparecimento destas doenças. Crianças com epilepsia, que passam por crises constantes, são também grandes suspeitas de passar pelo problema com os níveis de cetona ou cetoacidose.

Outros exames que podem ser solicitados são os exames de glicose, eletrólitos e gasometria. Eles são solicitados para pessoas diabéticas com os sintomas, principalmente se eles acontecem após o consumo de álcool.

Como interpretar o resultado dos exames

acetoacetato   É importante ressaltar que os valores variam de pessoa para pessoa de deve ser considerado, cada caso. Mas algumas referências podem ajudar na identificação:

Abaixo de 0.6 mmol/L – Este resultado significa um intervalo normal entre as cetonas, um especialista passará um tratamento que seja adequado para este nível.

Entre 0.6 e 1.5 mmol/L – Este resultado indica que algo não vai bem, mas nada que seja tão assustador, e como no grau acima, será prescrito um tratamento para regularização desses níveis.

Acima de 1.5 mmol/L – Neste caso, o paciente está desenvolvendo cetoacidose diabética, o que caberá ao médico indicar um tratamento imediato. Esse tratamento vai variar de acordo com a necessidade do paciente, dos graus apresentados, assim como os sintomas.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.