Doenças

Transtorno Bipolar e Depressão – Conheça as condições e a diferença entre elas

transtorno-bipolar

O transtorno Bipolar e a Depressão são duas doenças distintas, mas que ainda são muito confundidas. São doenças que interferem na forma como a pessoa vê o mundo e as coisas ao seu redor. Essa confusão entre ambas, pode ocorrer como resultado de um diagnóstico não bem realizado.

O Transtorno Bipolar faz com que o indivíduo tenha picos de emoções sejam elas, de felicidade ou de raiva, em questão de apenas alguns minutos, e essa variação de humor, não necessita de uma motivação para acontecer. Já a Depressão tende a tornar intensos, os momentos de tristeza, e a vontade de se isolar.

Sintomas da Bipolaridade

sintomas-da-bipolaridadeDurante as crises bipolares, o indivíduo pode passar por uma etapa onde a depressão é bastante acentuada, neste período, há uma chance muito de grande, de confusão do diagnóstico da doença. Deve-se considerar pelo menos três crises para então concluir o diagnóstico desta doença.

A principal característica de uma passoa com transtono bipolar é a mudança repentina de humor. O paciente pode alternar o humor de irritação para muito feliz e vice-versa. Isto inclui outros tipos de conportamento, como euforia e manias compulsivas imediatas, mas que passam rapidamente também. Diagnosticada corretamente e em sua etapa inicial, presume-se que o paciente não chegue ao estagio depressivo da doença, que o considerado o mais grave.

Alguns traços da bipolaridade podem ser tão sutis, que chegam a passar despercebidos com facilidade. O que acontece, é simplesmente a perda da capacidade de controlar os impulsos e atitudes. As atitudes emocionais e racionais, ficam bastante evidentes e são também alternadas sem nenhum impecílio. É como acontecer de querer impor a razão, e minutos depois, demonstrar insegurança e falta de controle sobre suas ações. Outras características são:

alteração-de-humor

  • Apresentar preocupações exageradas com reação a sua saúde;
  • Deixar-se tomar por atos agressivos, fazendo de coisas simples, motivos para brigas sérias.
  • A sensação de poder fazer tudo e não poder ser barrado por ninguém;
  • Negar a fase depressiva. Querem demonstrar total segurança, e em meio à euforia, se enchem de autoconfiança;
  • Após a crise eufórica, vem a parte da tristeza profunda, é quando o sentimento já inverte-se completamente;
  • Passado o estagio da tristeza, é hora de começar a ganhar confiança em si próprio, e é quando se reinicia o ciclo da bipolaridade.

Fazer escolhas de maneira correta, é um desafio para que sofre com a bipolaridade, uma vez que ao mesmo tempo que estão determinados, estão completamente desanimados e desesperançosos.

Sintomas da Depressão

depressãoDiferente da Bipolaridade, a Depressão costuma causar impactos negativos o tempo todo, não dando a chance de a pessoa se sentir alegre. Ela faz com que a pessoa passe perca energia e sofra intensos momentos de solidão, e busque estar cada dia mais só, se isolando do mundo. A pessoa depressiva tende a deixar que os sentimentos controlem o seu caminho, e ainda que esta pessoa tente uma melhora, a chance de a tristeza permanecer, continua ali, ganhando forças.

A pessoa deprimida é capaz de tomar algumas decisões, porque afinal, ela consegue usar a sua razão. Ela entende, contudo, a energia na hora de agir, nem sempre é suficiente. A depressão pode acontecer devido à fatos ocorridos no passado, algum trauma não superado ou situações como:

  • sintomas-de-depressãoPerdas de pessoas importantes
  • Crises e apertos financeiros;
  • Rompimentos em relações afetivas
  • Entre outras razões

Os sintomas contudo, são:

  • Tristeza profunda
  • Desmotivação
  • Desanimo
  • Falta de apetite
  • Vontade de ficar só
  • Cansaço
  • Irritação
  • Sentimento de culpa
  • Pensamentos suicídas

Como fazer o tratamento

Antes de iniciar quaisquer tratamentos, é importante que você esteja com o diagnóstico correto da doença. Como remédio-para-depressãodito, não é difícil haver uma confusão entre o transtorno Bipolar e a Depressão. Embora seja doenças bastante parecidas, o tratamento é diferente e o uso de medicamentos para cada uma delas, também não é o mesmo. Por aqui você já entende que pode ser grave e até fatal, fazer o tratamento para o tipo de doença errado.

Para o tratamento da bipolaridade, são utilizadas, altas dosagens de lítio, que é uma substancia para ajudar o paciente a lidar melhor com as suas emoções.

Para a Depressão, o lítio não fará algum efeito, portanto, o tratamento é feito à base de neurotransmissores, podendo incluir ansiolíticos em alguns casos.

Se você tem sentido alterações em seu estado emocional, não se acomode. O melhor que você tem a fazer, é procurar por um especialista que irá ajudá-lo a diagnosticar e tratar corretamente a doença.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.