Remedios Para

Tratamento natural para Infecção de Urina

infecção-urináriaA infecção urinária é uma doença normalmente causada pela presença da bactéria Escherichia Coli no aparelho urinário do paciente. As mulheres são as principais vítimas desta enfermidade em razão, por exemplo, do tamanho do canal urinário, inferior ao do homem. Esta bactéria existe naturalmente na flora intestinal e, nestas circunstâncias, não causa danos. Contudo, alguns hábitos aparentemente simples como a insuficiente ingestão de água durante o dia e a incorreta higiene íntima facilitam sua chegada ao aparelho urinário, causando infecção.

Em alguns casos, a infecção não é notada e o próprio organismo trata de combatê-la, mas quando há sintomas como dor ou ardor ao urinar, por exemplo, é necessário consultar um médico para, imediatamente, dar início ao tratamento considerando que a inércia do paciente pode causar danos graves como problemas renais. Exames de sangue e urina são comumente os primeiros passos para o diagnóstico.

Quais são os sintomas da Infecção urinária?

A seguir, listamos os mais comuns ou principais sintomas observados em casos de infecção urinária:

  • febreFebre;
  • Vontade de urinar muito além do habitual;
  • Escurecimento da cor da urina;
  • Vomito;
  • Sensação de dor e ardência ao urinar;
  • Sangramento na urina;
  • Urina com odor intenso, espumoso e turvo;
  • Dor no reto.

Tratamento natural! Não deixe de conhecer

Em casos graves, quando o organismo não consegue, por si só, combater a presença de bactérias na bexiga, faz-se necessário o uso de antibióticos para eliminá-las, como exemplo:

  • Levofloxacino 
  • Norfloxacino 
  • Ceftriaxona

Para os adeptos aos meios naturais de combate a enfermidades, aí vão algumas dicas de agentes naturais que auxiliam o organismo a expurgar com mais facilidade as bactérias causadoras da infecção urinária. Veja alguns exemplos:

  • chá-folhas-de-abacateChá de Folha de Abacateiro: em um recipiente adequado, coloque 01 (um) litro de água junto com as folhas e deixe ferver por 05 (cinco) minutos. Em seguida, desligue o fogo e deixe descansar. Você poderá tomar até 03 (três) copos de Chá de Folha de Abacateiro por dia;
  • Chá de Aroeira: em um recipiente adequado, coloque 01 (um) litro de água para ferver. Em seguida adicione 100 gramas de aroeira e deixe ferver por 5 minutos. Após, deixe esfriar. Você poderá tomar 01 (um) copo de Chá de Aroeira a cada 04 (quatro) horas;
  • Chá de Carqueja: em um recipiente adequado, coloque 01 (um) litro de água para ferver e, em seguida, desligue o fogo e adicione as folhas de carqueja na água quente, deixando descansar por 10 (dez) minutos. Após isso pode servir. É recomendado tomar um copo de Chá de Carqueja a cada 04 (quatro) horas;
  • Chá de Quebra Pedra: em um recipiente, coloque 01 (um) litro de água e deixe ferver. Em seguida, desligue o foco e adicione 02 (duas) colheres de quebra pedra. Aguarde por 05 (cinco) minutos e estará pronto. Após deixe esfriar. Você poderá tomar 01 (um) copo de Chá de Quebra Pedras a cada 04 (quatro) horas;
  • cha-de-alfazemaChá de Alfazema: em um recipiente adequado, coloque aproximadamente 01 (uma) xícara de água para ferver. Em seguida, desligue o fogo e acrescente 01 (uma) colher de chá de flores de alfazema. Deixe descansar por 10 (dez) minutos, passe pelo coador e beba. Você poderá tomar até 03 (três) copos de Chá de Alfazema por dia;
  • Chá de Cabelo de Milho: em um recipiente com aproximadamente 750 ml de água adicione 05 (cinco) gramas de cabelo de milho, 05 (cinco) gramas de zimbro e mais 05 (cinco) gramas de alteia. Deixe ferver e misture tudo. Espere descansar por mais 05 (cinco) minutos e, em seguida, dívida em 04 (quatro) porções e beba no decorrer do dia;
  • Chá de Vara de Ouro: adicione 01 (uma) xícara de água em um recipiente, leve ao fogo e deixe ferver. Em seguida adicione duas colheres de sopa de folhas de vara-de-ouro, e deixe por 10 (dez) minutos. Após, passe pelo coador e beba no decorrer do dia.

É importante destacar, mais uma vez, que em caso de sintomas, o médico deverá ser consultado. Somente o profissional poderá orientá-lo no tratamento da doença. As medidas naturais são boas parceiras na busca pelo equilíbrio da saúde, mas sozinhas nem sempre produzem os efeitos necessários.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.