Doenças Dor de

A dor nos seios pode não representar o câncer de mama

dor-nos-seiosUma das maiores preocupações da mulher, principalmente a partir dos 40 anos de idade, é o câncer de mama. Portanto notamos que as dores nos seios são mais alarmantes nessa etapa.

Esta preocupação é validada pelo diagnóstico em alguns casos, mas é importante saber que na maioria dos casos a dor não está relacionada a esta doença.

Há outras motivações para sensação de que inclusive podem se manifestar em qualquer faixa etária.

A seguir, algumas explanações que poderão ajudar você a identificar o que está sentindo, mas é fundamental lembrar que o médico deverá sempre ser consultado. Afinal, somente um especialista poderá diagnosticá-la.

A dor nos seios pode acontecer por motivos diferentes

A mastalgia, nome menos conhecido para as dores nos seios, pode estar relacionada a muitos fatores. A mulher deve atentar para suas características.

  • dor-nos-seiosHormônios: é bastante comum os hormônios reprodutivos e o ciclo menstrual ocasionarem dor nos seios. Neste caso, não há com o que se preocupar;
  • Cirurgia: até sua completa recuperação, mulheres que passaram por cirurgia mamária podem sentir dor;
  • Medicamentos: pílulas anticoncepcionais e outros medicamentos também podem ser responsabilizados. Os antidepressivos e o tratamento para infertilidade devem ser analisados;
  • Tamanho dos seios: o tamanho dos seios pode influenciar no bem-estar da mulher. Em alguns casos, as dores podem atingir pescoço, costas e ombros;
  • Cistos mamários: é a chamada doença fibrocística da mama, tratando-se de nódulos benignos que surgem por conta dos estímulos hormonais;
  • A gravidez: pode ocasionar dores a inflamação que aparece durante a lactação, a chamada mastite;
  • Nível de ácidos graxos desequilibrados: dentro das células das mamas, esse fator cria maior sensibilidade e dor.

De qualquer forma, é indispensável que a mulher realize frequentemente o autoexame. O toque de mama pode identificar nódulos ainda iniciais e evitar o desenvolvimento de uma doença mais grave. A qualquer sinal de caroço, procure seu médico para procedimentos mais específicos. Muitas mulheres deixam de procurar ajuda por medo. Devemos considerar que quanto antes o problema for detectado mais rápido chegará a cura.

Mas afinal… Qual a relação da dor com o câncer de mama?

A preocupação é comum com a relação entre a dor e o câncer de mama, mas essa possibilidade é rara. Tanto as dores como os cistos benignos não são necessariamente sinais de carcinoma.

A dor nos seios geralmente ocorre em função de doenças benignas. Contudo, sempre que perceber algum sinal diferente do seu corpo, fique atento! Procure um médico se os sintomas persistirem e jamais utilize medicamentos sem o controle profissional. Lembre-se que sua saúde deve estar em primeiro lugar.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.