Remedios Para

Aftas – Aprenda a se prevenir e fique longe delas!

como-prevenir-às-aftasAs Aftas, são pequenas feridas também chamadas úlceras ou estomatites que ocorrem na boca, podendo afetar língua ou gengiva, além de causar tamanho desconforto e incômodo. Elas são de maneira geral, lesões benignas não causam problemas sérios de saúde.  Caracterizadas por feridas de cor branca  ou amarelada, elas somente acontecem na parte interna da boca.

Sem  nenhuma correlação com outra doença como a herpes labial, as aftas são rasas, limpas e sem presença  de pus, que significa infecção ou bactérias no local.

Se você faz parte da média de 20% da população que sofre constantemente com aftas,  Não se preocupe, porque neste artigo iremos te ensinar como se prevenir e passar longe dessa feridinha que ataca pessoas de qualquer faixa etária, mas que é comum em pré-adolescentes, adolescentes e adultos.

 

Quanto tempo a afta leva para desaparecer?

aftasO tempo de duração das aftas na boca, podem variar de 01 (uma) a 02 (duas) semanas, não deixando cicatrizes. Elas apenas causam incômodo ao se alimentar, beijar ou falar e podem ser recorrentes, fato que deve ser analisado por um especialista.

O processo de cicatrização das aftas é mais demorado quando elas se encontram em um local onde há contato direto com os dentes, fricção com outras partes da boca ou língua e mesmo o uso de aparelhos para alinhamento dos dentes (os aparelhos ortodônticos) provocando pequenos traumatismos no local.

Quando maiores, as aftas podem deixar pequenas cicatrizes, além de pequenas úlceras que causam lesões locais, podendo ainda provocar ínguas, febre e mal estar.  Embora possa ocorrer pequenas lesões na boca, este tipo de afta não é responsável por causar mau hálito.

 

Causas de aftas na boca

De acordo com a grande parte das pesquisas realizadas, não há causas concretas que justificam o aparecimento das aftas, porém acredita-se que elas tenham uma relação com o sistema imunológico ou a existência de algum vírus que provoque esse tipo de úlcera bucal. Por outro lado, existem algumas pesquisas que indicam que a afta pode se desenvolver a partir de problemas no sistema digestivo e fatores como:

  • o-que-são-as-aftasAlergias;
  • Cigarro;
  • Alimentação;
  • Acidez elevada no sistema digestivo;
  • Gastrite;
  • Deficiência de algumas vitaminas e sais minerais;
  • Refluxo gastresofágico;
  • Alterações hormonais causadas pelo ciclo menstrual;
  • Tendências genéticas;
  • Mordidas no local;
  • Sono desregulado;
  • Uso de anti-inflamatórios;

É importante destacar mais uma vez, que a afta não é uma doença contagiosa e, tampouco oferece risco à saúde.

 

Sintomas causados pelas aftas

sobre-aftaA afta pode ser facilmente identificada por apresentar alguns sintomas clássicos, veja abaixo quais são eles:

  • Pequenas feridas na boca, esbranquiçadas ou amareladas e normalmente contornadas de vermelho;
  • Em alguns casos pode ocorrer sangramento na lesão;
  • Podem estar presentes em toda a região bucal;
  • Podem provocar a perda temporária do paladar;
  • Ressecamento da região bucal.

Em raríssimos casos, poderá causar febre, indisposição e inchaço na região bucal. Por fim, a afta também pode se desenvolver no esôfago, gerando dificuldade para engolir os alimentos.

 

AFTA – Previna-se

precaucao-contra-aftaPodem ser alcançados resultados positivos em relação à prevenção das aftas apenas com algumas mudanças nos hábitos alimentares, que consistem em uma dieta saudável e também a ingestão de alimentos que contém a Vitamina B2 e a Vitamina C. Abaixo são apresentados alguns alimentos que podem ajudar você a prevenir as aftas:

  • Leite– Vitamina B2;
  • Iogurte – Vitamina B2;
  • Queijo – Vitamina B2;
  • Laranja – Vitamina C;
  • Tomate – Vitamina C;
  • Couve-flor– Vitamina C.

Além da ingestão desses alimentos,

  • Evite o consumo de alimentos gordurosos, ácidos e ou apimentados.
  • Mantenha seu corpo sempre hidratado
  • Pratique exercícios regularmente;
  • Manhtenha uma dieta saudável

São hábitos saudáveis que ajudam na prevenção da aftas e de várias outras doenças.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.