Doenças Remedios Para Sintomas

Corrimento branco: Quais são as causas, tratamento e cuidados

corrimento-vaginalResponsável pela lubrificação vaginal, o corrimento é algo comum na vida da mulher. Essa secreção natural é também uma forma de identificar possíveis problemas de saúde feminina, basta observar possíveis alterações na cor, quantidade e cheiro.

Em seu estado normal, o corrimento é transparente e não representa problemas. Quando branco e acompanhado de cheiro forte, pode significar um estado de alerta, pois há algo errado. O mesmo acontece se outros sintomas como, coceira, vermelhidão e outras irritações também acontecerem neste mesmo período.

O corrimento branco

Quando falamos do corrimento branco, é importante lembrar que ele pode se apresentar em diferentes características, desde o mais leitoso até o mais espesso, sendo o corrimento leitoso, bastante comum em mulheres que fazem o uso de anticoncepcional, já que está diretamente relacionado à alteração dos hormônios. Este é também um corrimento comum durante o período de ovulação, no final do ciclo menstrual e no lugar da menstruação em caso de gravidez.

O corrimento branco mais espesso, é um tipo que chega a ser pegajoso e no geral vem acompanhado de um odor forte. Quando está com este tipo de corrimento, é ideal que a mulher leve ao conhecimento de seu ginecologista para que verifique as possibilidades de alguma doença.

Causas

Várias doenças estão relacionadas ao aparecimento dos corrimentos brancos. As mais comuns são:

  • causas-do-corrimentoDST;
  • Vaginote;
  • Candidíase;
  • Vaginite

No caso do corrimento dentro do estado normal, as causas são:

  • Alterações hormonais, por uso de anticoncepcionais ou não;
  • Ovulação;
  • Início de gravidez;
  • Final do ciclo menstrual.

Como identificar

A maneira de identificar a presença de corrimento é observando o estado da peça íntima. A mulher deve estar atenta quando a calcinha se molha ou acumula secreções fora do normal. Para isto, levamos em consideração, a importância de conhecer o próprio corpo e os sintomas que parecem anormais.

Ao notar a presença e as características do corrimento vaginal, deve-se observar atentamente o odor e outros sintomas como:

  • Ardência ao urinar;
  • Coceira;
  • Dores durante as relações sexuais;
  • Vermelhidão.

Ao detectar os sintomas acima, o médico deve ser consultado.

Tratamentos

tipos-de-corrimentoPara tratar o corrimento é necessário identificar a causa, sendo diferentes tipos de tratamento. No caso de o corrimento ser originado pela candidíase, o tratamento é feito através do uso de antifúngicos de uso externo e em alguns casos de via oral também. Quando o corrimento está relacionado à doenças bacterianas como a vaginose, o tratamento é feito com o uso de antibióticos.

O corrimento em si não é considerado um problema e sim a sua causa, por esta razão não podemos dizer que existe um tratamento específico para ele. É preciso estar alerta aos sintomas que podem acompanhá-lo e não deixar de fazer os exames preventivos regularmente. O seu ginecologista poderá ajudar na identificação de quaisquer problemas relacionados aos corrimentos.

Prevenção

corrimento-vaginal-causasPrevenir doenças como a candidíase é uma maneira de prevenir o aparecimento de corrimentos desagradáveis. Algumas dicas de prevenção são:

  • Evitar o uso de roupas íntimas molhadas ou úmidas;
  • Ter relações sexuais protegidas;
  • Dormir sem calcinha;
  • Evitar roupas muito apertadas (shorts, calça e bodys)
  • Evitar o uso de lenços umedecidos;
  • Preferir papel higiênico neutro, sem perfume;
  • Fazer exames ginecológicos regularmente;
  • Fazer o uso de sabonetes adequados para a região íntima.

 

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.