Doenças Remedios Remedios Para

Prevenção de doenças Parasitárias – Cuidados recomendados

ascaridíaseMuito comum principalmente na infância, os parazitas são protozoários ou vermes que se alojam no organismo e se alimentam do sangue do hospedeiro. Muitas pessoas se deixam enganar pelo fato de pensarem que este é um problema mais comum no meio rural, mas é apenas uma forma equivocada de ver as possibilidades de adiquirir a doença, já que a contaminação acontece de formas variadas.

Como se contrai vermes?

Existem várias formas de se contaminar com uma doença parasitária, sendo a mais simples, a contaminação fecal-oral. Isso acontece porque os protozoários são eliminados pelas fezes e estão propensas a contagiar a água e os alimentos que ingerimos. Po esta razão se faz necessário:

  • Saneamento básico adequado;
  • Tratamento de água;
  • Tratamento dos alimentos;
  • Bons hábitos de higiene dos alimentos;
  • Higiene pessoal (Principalmente das mãos antes de alimentar-se e depois de usar o banheiro)
  • Comer carnes bem passadas (O mesmo serve para peixes de água doce)
  • Tomar medicamentos adequandos para prevenção e tratamento.

Ivermectina é o medicamento mais recomendado?

A ivermectina é utilizada no combate de verminoses. Trata-se de uma substância antiparasitária e vermífuga cuja ação extermina diferentes tipos de vermes causadores de doenças. Tais doenças são originadas por muitos tipos de parasitas a exemplo dos metazoários, protozoários, vermes e insetos. Veja a seguir algumas doenças para as quais a ivermectina é usada:

doenças-parasitárias

  • Inocercose: trata-se de uma doença causada pela presença do parasita Onchocercavolvulus no organismo;
  • Escabiose ou Sarna: trata-se de uma doença causada pelo ácaro Sarcoptesscabiei;
  • Pediculose: trata-se de uma doença causada pelo ácaro Pediculushumanus Capits;
  • Estrongiloidíase Intestinal: trata-se de uma doença causada pelo parasita Strongyloidesstercoralis;
  • Filariose ou Elefantíase: trata-se de uma doença causada pelo parasita Wuchereriabancrofti;
  • Ascaridíase ou Lombriga: trata-se de uma doença causada pelo parasita Ascaris Lumbricoides;

 

IVERMECTINA – COMO USAR?

Em regra, a ivermectina é administrada em dose única de acordo com a quantidade recomendada na forma de comprimido. O ideal é que se realizem exames de fezes antes do tratamento para avaliar a melhor indicação e depois do uso do medicamento para garantir que os parasitas tenham sido eliminados do organismo. A ivermectina pode ser ingerida com água ou qualquer outro líquido desde que não seja bebida alcoólica. A água é mais recomendada.

dosagem-de-ivermectinaNormalmente, a ivermectina é administrada uma dosagem aproximada de 200 mcg por kg de peso corporal do paciente para tratar a Estrongiloidíase, a Filariose, a Escabiose, a Ascaridíase ou a Pediculose.  Vejamos a relação adequada entre o peso do doente e a quantidade da substância que deverá ser administrada:

Entre 15 e 24 kg = meio comprimido;

Entre 25 e 35 kg = um comprimido;

Entre 35 e 50 kg = um comprimido e uma metade;

Entre 51 e 65 kg = dois comprimidos;

Entre 66 e 79 kg = dois comprimidos e uma metade;

Maior que 80 kg = 200mcg/kg.

 

É importante destacar que devemos estar sempre em dia com a nossa saúde. Faz-se necessário a realização de exames periódicos para avaliar quaisquer anormalidades do nosso corpo. Assim, quando detectamos, com o auxílio médico, a presença de parasitas, procedemos ao tratamento adequado e, em seguida, realizamos novos exames a fim de certificar a eliminação completa da sua existência.

No tratamento da oncocercose costuma-se utilizar uma dosagem aproximada de 150 mcg por kg de peso corporal. Normalmente, essa dosagem é repetida três meses após a primeira para garantir a completa eliminação dos parasitas onchocerca adultos. Vejamos a relação adequada entre o peso do doente e a quantidade da substância que deverá ser administrada:

Entre 15 e 25 kg = meio comprimido;

Entre 26 e 44 kg = um comprimido;

Entre 45 e 64 kg = um comprimido e uma metade;

Entre 65 e 84 kg = dois comprimidos;

Maior que 85 kg = 150 mcg/kg.

Atenção!

lavar-bem-os-alimentosEvitar infestações por parasitas é muito simples. Para isto, basta que alguns cuidados sejam tomados no cotidiano. Manter uma boa higiene do corpo e do ambiente é fundamental. Atividades diárias simples como lavar as mãos sempre que necessário e possível, manter as unha limpas e evitar andar com os pés descalços são algumas formas de se evitar a hospedagem de parasitas no organismo.  Lavar bem os alimentos antes do consumo, manter utensílios domésticos limpos, manter depósitos de água cobertos e beber somente água filtrada ou fervida são outras medidas que devem ser adotadas. Quando uma pessoa está em tratamento deve-se atentar também para a higiene das roupas íntimas e de cama, fervendo-as para evitar contaminação.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.