Doenças Sintomas

Verruga genital – Causas, sintomas e como se prevenir

verruga-genitalMuito comum tanto em homens quanto em mulheres, a verruga genital, pode ser transmitida durante o ato sexual. Isso não significa que elas possam aparecer apenas nas genitais, no caso do homem, no pênis e seu entorno, ou na vulva, no caso da vagina, mas também podem aparecer verrugas no colo do útero, boca e garganta também. A transmissão, como se pode entender, acontece através da relação sexual desprotegida e também através do sexo oral.

O tratamento para essas verrugas não é complicado, contudo deve ser identificado, o problema logo em seu início evitando assim, problemas posteriores. Entenda um pouco mais.

Causas

causa-de-verrugas-genitaisO Vírus do Papiloma Humano, o HPV, é o vírus responsável pelo desenvolvimento destas verrugas e existe em mais de 200 tipos. Essa é a razão pela qual o vírus é bastante comum e grande parte das pessoas que têm uma vida sexual ativa, o desenvolvem.

Em alguns casos, o portador não apresenta sintomas, mas na maior parte, a verruga se desenvolve e é preciso tratar.

Sintomas

Quando apresentados os sintomas, o portador do HPV, pode perceber inchaços e bolhas nas regiões onde desenvolveram, incluso, boca e garganta, se for o caso. As verrugas podem aparecer em diferentes proporções, desde uma até várias espalhadas ou em um mesmo local. Quando juntas, elas dão um aspecto de couve-flor, isso acontece devido à grande variedade existente do vírus.

Quando as verrugas não são visíveis, outros sintomas podem ajudar a identificar a existência do vírus internamente. Dentre eles, se destacam:

  • Inchaço na região genital;
  • Coceiras;
  • Sangramento durante as relações íntimas.

doença-sexualmente-transmissívelO exame preventivo, conhecido também como papanicolau é indicado e deve ser feito dentro do período correto, como forma de identificar a presença do vírus. Uma vez por ano a mulher em idade reprodutiva deve se submeter ao exame a fim de preservar a saúde e tratar o vírus, caso ele exista.

Tratamento

O tratamento das verrugas causadas pelo vírus HPV pode ser feito de duas maneiras: Através de medicamentos tópicos ou através de métodos cirúrgicos.

Medicamentos tópicosPomadas e ácidos são alguns dos medicamentos utilizados, contudo devem ser utilizados conforme orientação médica e acompanhamentos devidos. O tratamento varia de acordo com cada caso, de pessoa para pessoa e de acordo com o tipo de vírus desenvolvido, já que pode um paciente apresentar mais de um tipo.

Tratamento através de processo cirúrgico – No caso de verrugas mais persistentes que resistem ao tratamento tópico, há necessidade de uma pequena cirurgia, que também é indicada para gestantes prestes a ter o bebê, para que se evite o contágio durante o nascimento.

Como se prevenir contra a doença

como-prevenirO uso do preservativo é ainda o mais indicado para a prevenção desta e de outras doenças sexualmente transmissíveis. Vale lembrar que os anticoncepcionais não previnem doenças e são métodos com a principal finalidade, evitar a gravidez indesejada.

Ao identificar verrugas em qualquer parte do corpo, é indispensável procurar um médico, mesmo que não haja sintomas.

Outra boa forma de prevenção é a vacina contra o HPV, que é melhor indicada para quem ainda não tem a vida sexual ativa o que não descarta o uso nas demais pessoas.

 

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.